Pílula anticoncepcional com hormônios naturais

Períodos menstruais mais curtos e com pouco sangramento

Pílula anticoncepcional com hormônios naturais

A Stezza chegou ao mercado recentemente e é conhecida como uma pílula natural. O medicamento foi lançado recentemente no mercado e é indicado como um contraceptivo oral. Na sua composição contém progesterona acetato de nomegestrol, com o estrogênio 17B-estradiol, hormônios que são naturalmente produzidos pelas mulheres.

Isso significa que veio ao mercado uma opção menos agressiva aos hormônios da mulher. A cartela vem com 24 comprimidos com quantidades iguais de hormônios e 4 placebos (sem hormônios) -, o que pode ajudar a mulher a evitar os esquecimentos no início da dosagem. A combinação de hormônios pode estimular períodos menstruais curtos e com pouco volume de sangramento.


"A nova pílula pode ser apropriada para mulheres de qualquer idade, incluindo as jovens que procuram contracepção hormonal oral e que, potencialmente, terão longo período de exposição a métodos hormonais", comenta o diretor científico da Associação de Ginecologia e Obstetrícia de São Paulo (SOGESP), Dr. César Eduardo Fernandes.

Como é um produto novo no mercado, ainda não apontaram os malefícios do medicamento. Mas as contraindicações da novidade são longas. O anticoncepcional não pode ser usado por pessoas que: tiveram coágulo sanguíneo, já sofram de algum problema cardiovascular, diabetes, pressão alta, enxaqueca, inflamação no pâncreas, câncer ou doença hepática.

De acordo com a fabricante, a eficácia do produto foi avaliada em mais de 3.400 mulheres com idade entre 18 e 50 anos, em 95 centros da Europa, Ásia e Austrália, e 89 centros da América Latina, Canadá e Estados Unidos. Os estudos analisaram eficácia contraceptiva, segurança e ocorrência de sangramento de escape.

De acordo com o estudo, as usuárias da nova pílula tiveram uma média de três a quatro dias de sangramento, em comparação com cinco dias das usuárias das pílulas tradicionais. 4,6% das mulheres apresentaram ausência de sangramento em cada um dos três primeiros ciclos de uso.

Por Caroline Sarmento

Comente

Assuntos relacionados: anticoncepcional

Últimas