Quando emagrecer é apenas uma promessa

Quando emagrecer é apenas uma promessa

É sempre a mesma história, quando se tem a necessidade de emagrecer aliada à vontade, dificilmente a voz da consciência deixará em paz quem quer que seja. Esta voz interior vai martelando os pensamentos e enquanto não tomarmos uma atitude, ela não sossegará.

Vários sentimentos e sensações acompanham este momento crucial. Desde os mais nobres até os mais miseráveis e pungentes. O humor, o sono, a produtividade, a alegria ficam no vai e vem, oscilando entre um estágio e outro. Quando realmente há a decisão, uma certa descontração e relaxamento acontecem.

As forças ficam concentradas no planejamento desta nova fase e na decisão de qual será o método de emagrecimento. Decidido por um determinado método, uma nova fase, promissora e inquietante, se inicia.

Não é raro que neste momento toda aquela carga de boa intenção mingue e tudo que era esperança, força de vontade, expectativa positiva comece a deixar espaço para sentimentos negativos, dúvidas, questionamentos e medos. Não é nada fácil encarar um planejamento alimentar.

Geralmente temos uma certa noção do que acontecerá... Emagrecer é o objetivo, então persegui-lo é a atitude. Infelizmente não existe nenhum método altamente capacitado e eficaz de emagrecimento que fique apenas na intenção. O que acaba acontecendo são promessas e, promessas são formulações apaziguadoras do inconsciente. Prometer fica em um nível muito superficial do comportamento humano. É apenas uma das armadilhas que a emoção de cada um prepara. Promessas estão no campo dos sentimentos a espera de uma entidade divina e providencial.

Quando nos prometemos algo, inconscientemente já estamos nos preparando para o pior, para o inusitado. Como se estivesse fora do alcance da verdadeira realização. Prometer fica sob o julgo de uma possível obrigação que ainda virá e, portanto, se uma promessa for "quebrada" não acontecerá nada de tão ruim. Apenas uma certa sensação de fracasso e uma ponta de frustração que será perdoada...

Quem promete remete ao mais nobre dos sentimentos: o perdão. Não cumprir o prometido é até certo ponto heróico. Sabe-se lá o que poderá acontecer...

De todo o transtorno e em meio a tantas elaborações confusas e traumáticas basta prometer novamente. E deixar para depois.

Sugiro então uma outra atitude quando o assunto for emagrecimento. Nada de promessas. Assuma um compromisso! Esta atitude é mais adequada e muito mais clara e objetiva. É uma atitude positiva! Um compromisso exige altivez, determinação, maturidade e certeza naquilo que se quer. Assumir um compromisso demonstra decisão e firmeza emocional para enfrentar toda e qualquer situação. Existem papéis de atuação bem definidos. Existem direitos e deveres. Existe uma troca de interesses. Quando há compromisso existe responsabilidade. Envolve a essência humana. Envolve o caráter. E envolver caráter é muito sério e muito mais "pesado" do que uma simples e inocente promessa. Pensem nisto.

promessa: s.f. ato ou efeito de prometer;afirmativa que se dará ou fará alguma coisa; compromisso oral ou escrito de realizar um ato ou contrair uma obrigação; etc.

Dicionário Houhaiss da Língua Portuguesa

Comente

Assuntos relacionados: psicologia emagrecer dieta promessas

Últimas