Ressentimento

Ressentimento

Rancor é uma daquelas palavras que se autodefine.

Seus fonemas revelam significado. Pronuncie-a lentamente: "R-r-r-r-a-a-n-n-c-o-o-r". Ela já começa com um rosnar: "R-r-r..." como um urso com mau hálito que sai da hibernação ou um vira-lata sarnento que defende seu osso: "R-r-r..."

Estar perto de uma pessoa rancorosa e acariciar um cachorro que rosna são coisas igualmente desagradáveis. Você consegue ficar perto de pessoas que nutrem rancor? Acha bom ouvi-las cantar suas canções de mágoas? Compartilhar seu pessimismo? Vê-la deixar esvaírem-se suas esperanças? Elas expandem desânimo!

Você não é tolo! Sabe tão bem quanto eu que tudo que o que ela expele, é

ira. E se ela está cheia de alguma coisa, é de farpas e condenação para todas as pessoas que a magoaram. As pessoas rancorosas e os animais raivosos são muito parecidos. Os dois podem ser violentos. Alguém precisa fazer um lembrete que seja colocado no pescoço da pessoa que tem rancor: "Cuidado com o Rrrrrancoroso".

Uma pessoa rancorosa lança lama de si mesma. Não é suficiente acusar: o caráter da outra pessoa precisa ser atacado. Não é suficiente apontar o dedo: é necessário apontar um rifle. Arremessar calúnias. Falar mal. Desenhar círculos. Construir muros. E assim se fazem os inimigos...

É assim que você lida com suas feridas? Pense em uma ocasião em que você sentiu rancor contra alguém. O que mudou em sua vida durante aquele período? Então, livre-se de seu ressentimento, perdoe e comece a ser feliz.

Comente

Últimas