Saúde e Beleza

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Saúde e Beleza

Em recente pesquisa realizada pela MTV com 2.359 jovens brasileiros de 13 a 30 anos, moradores de sete capitais, teve como resultado desse perfil realçada a beleza física.

Para isso, os entrevistados colocaram a vaidade em primeiro lugar, seguida do consumismo, do individualismo e do comodismo.

Essa epidemia de beleza (vaidade) deve-se em grande parte ao padrão eleito pela maioria dos brasileiros como sendo o das modelos atuais. Magras esqueléticas. Como elas aparecem demais na mídia são muito elogiadas e facilmente copiadas. Outra razão: acham que o moço "bonito" ou a moça "bonita" têm mais oportunidades na vida. Então a vaidade é o desejo da maioria.

Quanto ao consumismo que busca prazer e realizações pessoais são contrários à aparência estabelecida como padrão de beleza. Se alguém consumir os pratos salgados, os doces, tortas e outros alimentos excessivamente mostrados em revistas e programas de TV, adeus beleza. É obesidade na certa.

O individualismo demonstra o que realmente está acontecendo nas relações de trabalho, nas relações pessoais, onde não existe mais o laço de amizade e muito menos o laço emocional entre homem e mulher. O computador também contribui para que não haja esses laços afetivos. A relação de amizade ou emocional é metálica, fria, sem sentimento, basta dar um click que tudo termina. Nestes casos também há contribuição para a obesidade, pois as emoções não são vivenciadas e sim contidas, levando grande parte desses jovens a compensações pela comida ou à depressão. Tanto pela falta de relacionamento saudável quanto pela exposição exagerada ao computador.

Finalmente o comodismo é outro traço que prejudica a tão sonhada beleza. É mais cômodo e aceitável comer o que quiser e ser sedentário do que fazer regimes alimentares e malhar nas academias. O comodismo é acalentador, apesar de trazer infelicidade. No momento ele tem uma intenção positiva, pois não precisa se incomodar com o que come e nem se cansar fazendo exercícios. Só que a médio e longo prazos a obesidade aparece e mais uma vez, adeus beleza.

Essa geração coloca claramente a vaidade em primeiro lugar e é ao mesmo tempo traída pelo consumismo, pelo individualismo e pelo comodismo. Essa é a razão da crescente quantidade de obesos no Brasil e da quantidade de jovens que estão procurando nas cirurgias, nos procedimentos dermatológicos, nas fórmulas mágicas uma maneira de se encaixar como bonito.

Vemos então que a melhor maneira de promover a saúde e a beleza é uma alimentação balanceada, na quantidade adequada, diversificada na qualidade, acompanhada de exercícios físicos.

Aguardo perguntas e sugestões.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas