Superação

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Superação

Você deseja se desenvolver, crescer como pessoa, e, quem sabe, contribuir para a sociedade? Então o seu foco deve ser a superação dos limites impostos pela rotina e pela falta de motivação para vencer dificuldades.

Conseguir melhores resultados depende da forma de agir, de perseverança e de compromisso com os objetivos almejados. Não há uma receita mágica ou um segredo que só poucos conhecem. Quem já percorreu uma trajetória de sucesso garante que apenas o talento e a genética não bastam para ultrapassar limites rotineiros e superar os grandes desafios. Para vencer, é preciso atitudes corretas, muito trabalho e metas bem definidas.

Superar-se não precisa estar relacionado com algo grandioso. Na verdade, todos nós construímos uma história de superação quando levantamos a cabeça para enfrentar uma crise. É essa atitude que faz a diferença.

Outra forma de superação é a contínua aprendizagem para melhorar, estabelecendo metas mensuráveis e desafiadoras. A abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim ficará na história pelo seu caráter espetacular, pois foi a maior e mais grandiosa festa já realizada por uma cidade-sede das Olimpíadas. Aquele espetáculo maravilhoso foi um exemplo de superação, pois através dele revelou-se uma China próspera e comprometida com o progresso, que deixou de lado uma pesada herança de submissão à pobreza e a líderes autoritários do passado.

Inúmeras críticas foram feitas, mas é preciso reconhecer que o sofrido povo chinês superou-se, dando um show de beleza, disciplina, tecnologia e civilidade. Na ânsia de subir ao podium, muitos atletas adotam um estilo de vida restrito às suas atividades esportivas, exclusivamente direcionado para competir e vencer.

Atividades normais e prazerosas muitas vezes são proibidas, para não quebrar a rotina de treinamento e prejudicar o desempenho esportivo do atleta. Mas antes do atleta existe a pessoa, com todas as suas necessidades.

Na China, por exemplo, as crianças de uma escola governamental para formação de ginastas só podem ir para casa num único final de semana por mês. Não é permitido aos adolescentes namorar e eles são submetidos a um controle muito rígido o tempo todo. Como essas pessoas se comportarão quando a habilidade física para a qual foram intensamente treinadas estiver em seu declínio natural? Terão equilíbrio suficiente para mudar o seu foco de vida e serem felizes?

O vitorioso nadador Michael Phelps, segundo especialistas, possui uma conjunção de características físicas que lhe dão vantagens diante de seus adversários. Apesar disso, ele próprio atribui seu sucesso e sua história de superação a muito esforço, disciplina e treinamento. Entretanto, segundo reportagem da revista Veja, ele come feito um boi.

Sua ingestão diária de colesterol é de 2.975 mg - quatorze vezes maior que a recomendada. O consumo de gordura saturada, de sódio e de cálcio é também muitas vezes maior que o ideal para uma vida saudável. No total, são 12.000 calorias diárias! Tudo isso para compensar o treinamento de 80.000 metros por semana.

Mas a pergunta que fica é: como todos esses excessos agem em seu organismo e quais serão as conseqüências no futuro? Como ficará seu corpo e sua mente quando a natação não mais for a sua prioridade? Quantas coisas importantes ele deixou de realizar em sua adolescência e juventude em nome da superação?

A alimentação balanceada é muito importante para quem deseja viver com saúde. Algumas pessoas exageram, tentam realizar o desejo de conquistar o corpo que idealizam. Reduzem cada vez mais a alimentação para conseguir emagrecer. Acabam doentes, com sintomas de anorexia e bulimia. Nesse caso, a superação será um caminho inglório e de muito sofrimento.

Por isso é preciso equilíbrio para saber dar o passo além, e entender que é necessário um esforço adicional para a superação, mas sem esquecer a importância de respeitar os limites do corpo e da mente. Trabalhe duro, mas não deixe de vivenciar o que é realmente importante para ser feliz.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas