Uma Mãe Mais Leve

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Uma Mãe Mais Leve

A obesidade é prejudicial em qualquer fase da vida, mas durante a maternidade seus prejuízos podem ser ainda maiores.

A obesidade não é prejudicial apenas na época do parto, mas também antes e depois dele, o sobrepeso afeta o bem-estar da mãe e pode comprometer sua saúde. Veja abaixo alguns cuidados que a mulher deve ter durante as diferentes fases da maternidade:

Durante a gestação

Sabe-se que durante a gravidez há um aumento de apetite que leva as mulheres a buscarem quantias maiores de alimento. Entretanto, isto não deve ser motivo de descontrole alimentar. É importante que a mulher

mantenha um peso adequado para garantir uma travessia tranqüila durante os nove meses de gestação e um parto com menores riscos de complicação.

Recomenda-se ainda que, ao planejar uma gravidez, a futura mãe invista, antes, na perda de peso, caso este não esteja dentro dos limites desejados. Se houver dificuldade em manter o peso recomendado por seu médico, uma nutricionista deverá ser consultada.

Após o parto

O corpo que passou por grandes mudanças durante a gestação, sofre uma transformação radical com o nascimento da criança. Nesta fase, a mulher precisa estar atenta a si mesma e não apenas ao bebê. Assim que possível, deve retomar as atividades físicas e os cuidados com a alimentação devem ser mantidos. Nesta fase (principalmente com mães de primeira viagem) pode haver um aumento da ansiedade, que é gerada pelo desafio de cuidar das necessidades do bebê.

O apoio de outras pessoas (como o marido, a avó da criança ou profissionais qualificados) pode ajudar a reduzir a ansiedade e permitir que a mulher reserve mais tempo para cuidar de si, tornando-se uma mãe mais segura e tranqüila.

Com os filhos já crescidos

Nesta fase a mulher deve incentivar sua família a adotar hábitos saudáveis. É importante que ela ofereça a seus filhos uma alimentação balanceada e os incentive a praticar exercícios físicos. Estas atitudes, além de contribuírem para a saúde dos filhos, permitem que a mulher construa para si mesma um ambiente que facilitará seu emagrecimento ou a manutenção do corpo magro. Assim, ela e sua família evitarão o sobrepeso e os prejuízos dele decorrentes.

Bons hábitos alimentares devem acompanhar a mulher em todas as fases de sua vida. Eles garantirão não apenas um corpo mais saudável, mas também maior equilíbrio e bem-estar. E toda a família agradece!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas