5 sinais de que o sedentarismo está te matando

Preparador físico mostra indícios que precisam ser levados a sério para se manter saudável
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
sedentarismo perigos

O sedentarismo pode estar acabando com a sua saúde aos poucos. Foto: iStock_Wavebreakmedia

Uma pesquisa publicada na revista científica Lancet indicou que as pessoas que passam 8h por dia sentadas, e nem praticam atividades físicas, aumentam em 60% os riscos de morte prematura. Esta mesma pesquisa estima que o sedentarismo custa US$67,5 bilhões de dólares por ano à economia global. “Esse valor faz sentido, já que as pessoas sedentárias tendem a gastar muito mais dinheiro com remédios e tratamentos médicos”, conta Possebon.


O fato é q ue praticar atividades físicas traz benefícios muito mais importantes do que apenas emagrecer, elas são essenciais para a sua saúde. O preparador físico Vinícius Possebon, criador do Programa “Queima de 48 Horas”, ensina que não é preciso treinar por longas horas na academia manter a saúde em dia. “Treinos de 5 a 15 minutos são suficientes para tirar uma pessoa do sedentarismo”, explica.

Com base em seu programa de homefitness, o especialista destaca: “Qualquer um pode começar a praticar exercícios, sempre respeitando seu tempo e as pausas necessárias para descanso sempre que o corpo pedir”, ensina, reforçando a importância de não desistir. “Continue a praticar exercícios diariamente, que a resistência passa a ficar maior com o tempo”. Possebon também lembra que a comunidade do Q48 também funciona como forma de ajudar as pessoas a não se sentirem sozinhas, criando um importante senso de coletividade.

Para facilitar aos que ainda não praticam atividade física, o especialista listou os 5 sinais de que é necessário começar a fazer exercícios.

Cansaço no fim do dia:

Um dos sinais mais claros de sedentarismo é o cansaço extremo no fim do dia. “As pessoas que não praticam atividades físicas acabam se sentindo muito mais cansadas ao fim de um dia de trabalho”, explica Possebon. “Ao se exercitar, o seu corpo fica muito mais disposto e você não termina o dia com aquela sensação de que um caminhão passou por cima de você”.

Stress diário:

A prática de exercícios faz com que o corpo produza mais serotonina e endorfina, entre outros hormônios que trazem a sensação de bem-estar. “Quem está sempre nervoso ou bravo com as tarefas do dia a dia e não faz atividades físicas, com certeza vai se sentir melhor após começar”, alerta.

Sobrepeso:

Característica mais óbvia dos sedentários, o excesso de peso também pode trazer outros problemas de saúde além da estética. “Pessoas acima do peso ou obesas têm muito mais chances de ter problemas cardíacos e de circulação, entre muitas outras doenças”, alerta o preparador físico, cujo programa promove o emagrecimento de, em média, 1 a 3kg em até 10 dias.

Falta de fôlego em atividades simples:

Outro importante indício de que o corpo precisa fazer atividades físicas é a falta de fôlego com pequenos esforços. “Se você fica ofegante ao subir um ou dois lances de escada, ou depois de correr por menos de 10 metros para pegar o ônibus, isso indica que seu corpo precisa de mais resistência”, sugere Possebon.

Sono leve ou noites mal dormidas:

Por fim, o preparador físico destaca que as atividades físicas ajudam as pessoas a terem mais qualidade de sono. “Se você dorme mal e quando acorda já está cansado, a prática de exercícios pode ser a melhor solução para melhores noites de sono, e por consequência, mais qualidade de vida”, conclui o especialista.

Por Thamirys Teixeira

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: Thamirys Teixeira sedentarismo pesquisa

Últimas