A proteína pós-treino

Conheça os benefícios do consumo das proteínas

A proteína póstreino

Não é novidade que malhar ajuda a tonificar os músculos e a emagrecer, mas isso também é resultado de uma boa alimentação antes e depois do treino. E a proteína tem papel importantíssimo nesse trabalho, principalmente para quem visa a hipertrofia.

Durante qualquer exercício, há estresse e degeneração dos músculos. As proteínas contêm aminoácidos essenciais para regenerar essas fibras, reestruturando os músculos. A proteína também ajuda a evitar as lesões causadas pelos exercícios. Portanto, se a ideia é ganhar massa muscular, é ideal que se consuma/produza mais do que se gastou. Mas não pense que apenas a proteína te ajuda nessa missão. Uma porção de carboidrato também é bastante importante. O carboidrato estimula a produção de insulina, que ajuda a reduzir a perda protéica pós-treino.

A quantidade de proteínas que deve ser ingerida por dia varia de pessoa para pessoa, mas para quem pratica atividade física, a recomendação é de aproximadamente 1,4g por Kg. Ou seja, uma mulher de 60 kg poderá consumir 84g de proteína diariamente. O indicado é comer proteínas após o treino, até pelo menos 3 horas, tempo em que o organismo está regenerando as fibras.

Veja quais são as melhores fontes de proteína.

Carne vermelha

Ela é a campeã na quantidade de creatina, substância essencial para a formação muscular. Por isso nenhum outro alimento consegue suprir sua necessidade tão bem. O ferro, o zinco e a niacina contida na carne também são essenciais para a manutenção dos músculos. Um filé de 150g tem cerca de 37g de proteína.

Frango

Não há como fugir dele. De fato, o frango é uma excelente fonte de proteínas, já que quase não contém gorduras. Um filé tem em média 35g de proteínas.

Iogurte

Ele combina carboidratos e proteínas, perfeito para ser consumido depois do treino, para quem visa crescimento muscular. Ele também é rico em cálcio, fundamental para a contração muscular.

Salmão

Ele é rico em proteínas e gorduras boas. O ômega 3, por ser anti-inflamatório ajuda na recuperação muscular e permite assimilar a proteína com mais facilidade no organismo.

Arroz integral com feijão

Uma xícara de feijão tem aproximadamente 15g de proteína. Em conjunto com os aminoácidos do arroz, ele se torna uma refeição completa para depois do treino.

Por Helena Dias


Comente

Assuntos relacionados: proteína treino

Últimas