Academias apostam em exercícios na água

São várias opções para escolher a que mais te agrada

Academias apostam em exercícios na água

O sol forte do verão chama muita gente para praticar esportes na água. Mas não precisa ser necessariamente no mar! As academias, sempre dispostas a apresentar novidades e atrair novos alunos, levam para a piscina modalidades que ajudam a refrescar e a perder algumas calorias. 

Na Bio Ritmo, por exemplo, há uma aula de hidroginástica que utiliza alguns acessórios diferentes, como halteres, bola e luvas. "Esses exercícios são ideais para trabalhar trapézio, deltóide, peitoral, bíceps e tríceps", explica a professora Ester Souza, da Bio Ritmo.

Para as pernas são utilizados o Aqua Fins (espécie de morcego) e caneleiras (que atuam nas regiões anterior e posterior do quadríceps). Também são utilizados coletes e espaguetes para trabalhar abdominais e lombar. "A atividade é indicada para quem quer sair da sala de musculação e experimentar uma aula coletiva, animada e variada", diz Ester.

A aula de hidroginástica com acessórios proporciona o fortalecimento dos músculos e a qualidade dos ossos e ainda melhora a frequência dos batimentos cardíacos e a circulação sanguínea. Também evita, controla e/ou diminui doenças cardiovasculares, ansiedade, depressão, obesidade, diabetes e osteoporose. A duração da prática é de 45 minutos.

Ester conta que a junção piscina e acessórios permite uma série de possibilidades. Confira algumas modalidades disponíveis pelas academias pelo país:

Hidrostep - é uma adaptação do step feito em sala, utilizando um step apropriado para a água (com peso, para não flutuar). O risco de lesões é menor do que uma aula de step convencional, pois o impacto para os joelhos é bem menor, e é tão divertida quanto. Pode ser realizada 3x na semana. Queima de calorias no seco é de 300 a 600 calorias, na água também.

Hidrorunning - a aula de corrida na água, além de fortalecer, auxilia na recuperação de lesões e melhora o condicionamento físico devido à resistência da água. No seco, a possibilidade de lesões é maior, pois além do impacto nos joelhos, o risco de queda (se houver) será amortecida pela água. Queima de calorias no seco é de 400 a 600 calorias, na água também. Pode ser feito de 2x a 5x por semana.

Hidrobike - esta aula pode ser realizada com uma bicicleta especial, como no spinning, ou com o auxilio de materiais flutuantes, como espaguete e caneleiras, realizando exercícios na parte funda da piscina (em suspensão). O risco de lesão é menor que na aula de spinning tradicional. É uma aula predominantemente aeróbia que ajuda a regular a pressão arterial e a frequência cardíaca. A expiração, por ser feita embaixo d'água, fortalece o pulmão. Queima de calorias no seco é de 400 a 800 calorias, na água é de 300 a 600. Pode ser praticado de 2x a 5x por semana.

Hidrofight - aula que lembra muitos movimentos de luta, como socos, chutes, cotoveladas, saltos e deslocamentos, mas que são feitos na água. A água possibilita grande amplitude das articulações e também trabalha a parte aeróbia e força muscular. Já no seco o impacto nas articulações, em especial nos joelhos, é muito grande. A queima de calorias no seco é de 300 a 500 calorias, na água também. Pode ser praticada de 2x a 3x por semana.

Flexrelax - aula de alongamento e flexibilidade. Devido à lei da água que atua de baixo para cima, possibilita uma maior amplitude das articulações e musculatura. No seco deve-se ter cuidado com a hiperextensão da musculatura, devido à dificuldade em realizar os movimentos. A atividade proporciona baixa queima de calorias, de 200 a 400. Pode ser feita de 2x a 3x por semana.

Circuito local - aula realizada em estações divididas por segmento articular ou muscular. São utilizados pesos e cargas elevadas através de materiais resistidos, causando resistência e força muscular muito grandes. Por ser realiza na água, diminui bastante o impacto nas articulações e risco de lesões musculares, pois a carga, apesar de elevada, não chega a ser como na musculação, caracterizando um trabalho de resistência muscular localizada. A queima de calorias no seco é a partir de 300 calorias, assim como na água. A atividade pode ser realizada de 2x a 3x por semana.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente

Últimas