Atividades físicas regulares favorecem saúde de diabéticos

Controle o diabetes com cardápio equilibrado e exercícios físicos regulares

Atividades físicas regulares favorecem saúde de di

Quem tem diabetes precisa escolher bem todos os dias os alimentos que vai colocar no prato. Melhor ainda se o cardápio equilibrado puder ser combinado com exercícios físicos regulares, benefício que só potencializa o controle da doença. As atividades físicas melhoram o sistema cardiovascular, fortalecem a musculatura, aliviam o estresse e controlam o peso, que previnem o problema.

Isso porque os exercícios tornam mais eficientes e abundantes a absorção de glicose pelos tecidos na hora do treino e até 48 horas depois. Segundo especialistas, o treinamento melhora a saúde dos vasos e a atividade dos nervos, que padecem com o exagero de glicose em circulação. E desempenha um importante papel na prevenção e controle da resistência à insulina. A atividade física proporciona a melhora do condicionamento físico, no controle da pressão arterial, na melhora da composição corporal e até na diminuição do risco de morte.

Algumas modalidades esportivas provocam bons resultados para alunos que tenham diabetes, como os exercícios aeróbicos, entre eles ciclismo e corrida, e os exercícios com peso, como musculação, por exemplo. Durante os treinos, algumas alterações metabólicas ocorrerão de forma aguda, por isso, é aconselhável verificar o nível de glicose por testes de glicemia.

Vale lembrar que o diabetes é uma doença causada pela falta ou má absorção de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas. A função desse órgão é quebrar as moléculas de glicose para transformá-las em energia a fim de que seja aproveitada por todas as células. A ausência total ou parcial desse hormônio interfere na queima do açúcar e na transformação em outras substâncias, como proteínas, músculos e gordura.

Alguns fatores de risco são obesidade, hipertensão, sedentarismo, estresse e altos índices de colesterol e triglicérides. Portanto, para evitar a doença, fuja da preguiça e mexa-se! Caso você já tenha o problema, é interessante uma consulta médica antes de praticar exercícios. Veja outras dicas.

1. Antes de aderir a qualquer programa de atividade física, busque orientação do seu médico, sobretudo se houver complicações;

2. Os exercícios físicos são benéficos, mas requerem acompanhamento especializado, ainda mais em caso de diabetes tipo 1 ou uso de insulina;

3. As taxas de açúcar no sangue devem ser checadas antes, durante e após o treino. Na natação, 15 minutos antes, 20 minutos após o início e no final. Ao conferir sensação de bem-estar, a água pode mascarar a hipoglicemia, queda brusca nos níveis de glicose;

4. Tenha sempre balas e sachês de glicose para corrigir a hipoglicemia, se necessário;

5. O portador de diabetes perde mais água para compensar os altos e baixos da glicose, logo, precisa se hidratar mais antes, durante e após o treino, não importa o clima;

6. Também corre mais risco de rigidez nas articulações, por isso, jamais deve abrir mão do alongamento.

Natália Farah


Comente

Últimas