Board Fitness: conheça a nova febre em treinamento funcional

A prática pode queimar cerca de 800 calorias por aula

Board Fitness conheça a nova febre em treinamento

Foto: Divulgação

Quem curte fazer academia está sempre à procura de novos exercícios e aparelhos que melhoram o condicionamento físico. Você se encaixa nesse perfil? Então vai adorar o Board Fitness, que nada mais é do que uma aula de treinamento funcional feita em uma mini-prancha com rodinhas, semelhante a um skate.

A ideia é apoiar um dos seus membros na prancha e manter os outros em movimento. E a brincadeira é potente. A prática melhora a resistência cardiovascular, muscular, flexibilidade e coordenação motora, além de queimar cerca de 800 calorias por aula. O core é um dos principais grupos musculares explorados pelo equipamento. Ele pode ser aliado às aulas de pilates, circuito, funcional, etc. Criado entre os anos de 2006 e 2007, ele tem o objetivo de trazer a metodologia do treinamento funcional para as aulas em grupo. A ideia é fazer com que os exercícios sigam a sequência musical do momento, o que deixa o treino ainda mais dinâmico.

No Brasil, o equipamento utilizado nas aulas foi criado e patenteado pelo Professor de Educação Física Mateus Benelli, da empresa Board Fitness. "Criei o aparelho para uma pesquisa de emagrecimento em cima de bases instáveis e acabei protocolando exercícios em cima dele."

Os equipamentos são resistentes. Feito com madeira de reflorestamento e borracha de alto impacto, rodízios que suportam até 30 kg cada (120kg no total), eles possuem cantos arredondados e acolchoados evitando lesões quando o equipamento bate em alguma parte do corpo, extremamente reforçado e confortável para exercícios de fitness Grupo de alta e baixa intensidade.

Mateus, que oferece aulas para instrutores de academia, conta que esta modalidade permite você brincar com vários meios de exercícios em um treino de até 40 minutos. "Montei 4 métodos de aula, com estratégias diferentes, para obter o maior gasto possível em um treino de 30 a 40 minutos no máximo."

Se você ainda tem dúvidas se deve aderir a esta tendência ou não, Benelli explica porque este exercício é mais que recomendado para qualquer pessoa, de qualquer idade. "Como não é um exercício que você precisa se recuperar, pode fazer aula todos os dias. E como o modelo de aula muda toda a semana, você não vai se cansar do exercício, pois nunca se repete."

Por Kelly Jamal


Comente

Últimas