BodyAttack: treino de atleta!

Atividade mistura movimentos que simulam vôlei, futebol e outros esportes

BodyAttack treino de atleta

Que tal fazer movimentos típicos de modalidades como vôlei, tênis, corrida e futebol durante 60 minutos e se livrar de até 800 calorias? Esta é a proposta do BodyAttack, um treino desenvolvido para quem gosta de atividades dinâmicas. 

Conforme explica o treinador Rubens Bravalheri, da Body Systems, os movimentos são os mesmos que utilizamos nos esportes: deslocamentos laterais, movimentos de ataque na rede, bloqueio, corrida com agilidade para frente e para trás, sprints, movimento de marcação e arremesso do basquete, drible, saltos com ênfase na fase de aterrissagem (prevenindo lesões) e muita corrida (no lugar, para frente e para trás, e ao redor da sala).

"As aulas podem ser feitas por todos os públicos, dos jovens à melhor idade e não tem contraindicação. Isso porque a intensidade da aula pode ser regulada pelo próprio aluno. Ele mesmo conhece seus limites", comenta Rubens. "Em casos mais graves, é necessário se consultar com um médico antes de iniciar qualquer tipo de atividade física", completa.

Bravalheri recomenda que o aluno frequente as aulas de duas a três vezes por semana em dias alternados. O treino combina exercícios aeróbicos de alta e baixa intensidade e trabalhos de força, deixando abdômen, pernas e braços mais definidos.

E como toda atividade física, é importante caprichar na alimentação. "Para esse tipo de aula, o ideal é uma hidratação constante para repor os sais minerais que perdemos com o suor, aliado a uma alimentação baseada em um alto teor de carboidratos, seguida por uma quantidade menor de proteínas e pouca gordura", orienta o treinador.

Por Juliana Falcão (MBPress)

leia também


Comente

Últimas