Caminhar é opção eficaz para perder peso

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Caminhar é opção eficaz para perder peso

Caminhar é um dos exercícios físicos mais eficientes para o organismo humano. A estrutura do corpo é perfeita para essa atividade. Foi isso o que descobriu Simone Bortoliero, 39 anos, professora do Curso de Jornalismo da PUC-Campinas, como forma de perder 20 quilos adquiridos durante a gravidez do seu segundo filho.

"Engordei 30 quilos na segunda gestação. Comi muitas guloseimas, principalmente sorvetes e bombons.

No parto perdi cerca de dez quilos. Só meu filho pesou 4,5 quilos. Tive que fazer cesariana por causa do tamanho do bebê", conta Simone. Com 1,63 metros de altura, ela chegou a pesar 95 quilos.

Além das guloseimas em excesso, outro fator apontado por ela como causador do ganho exagerado de peso é a ansiedade. "Resolvi parar de fumar durante a gravidez para não prejudicar o bebê, depois de consumir um maço de cigarro por dia durante 20 anos. Isso ampliou o processo de ansiedade e fez com que eu me refugiasse na comida", lembra a professora.

No entanto, em julho de 99, seu filho já com quase dois anos, Simone resolveu começar a caminhar. "Minha ginecologista recomendou esse tipo de atividade física para reduzir a tensão pré-menstrual (TPM) e o acúmulo de água no organismo, além da perda de peso", explica. Começou caminhando quatro quilômetros por dia em uma hora, durante 30 dias. Depois, aumentou para seis quilômetros diariamente. Hoje, 20 quilos mais magra, chega a fazer oito quilômetros no mesmo período de tempo. "Quero chegar a dez quilômetros. Não consigo mais ficar um dia sem caminhar. Já abandonei até reuniões importantes para não deixar de correr naquele dia", afirma.

Porém, ela aconselha que cada um respeite os limites do próprio organismo e deixa claro que fez tudo isso seguindo orientação médica. Também passou a se alimentar de maneira mais saudável, mas sem radicalismos. Verduras, frutas, carnes sem gordura e um pouco de vinho fazem parte do seu cardápio. Simone evita massas, doces e refrigerantes, além de tomar pouco café. Hoje, ela pesa 65 quilos, apenas dez a mais que na adolescência, quando representava a cidade paulista de Cafelândia nas equipes de vôlei e atletismo nos Jogos Abertos do Interior. "Estou mais saudável, melhorei minha auto-estima e disse adeus às roupas tamanho G", comemora.

Conversa em dia

O tenente-coronel Roberto Braga Gomes, 42 anos, da Escola de Cadetes de Campinas, se tornou adepto da caminhada há seis anos, quando ainda servia ao Exército na cidade de Alegrete, Rio Grande do Sul. Juntamente com sua esposa Débora Brum Gomes, eles percorrem uma distância de 5,5 quilômetros quase todos os dias, durante 50 minutos. "Normalmente caminhamos em volta da lagoa do Clube Círculo Militar. Conversamos durante o tempo todo, colocamos o assunto em dia, e não ficamos ofegantes", diz ele.

Durante a caminhada, o organismo produz endorfina, substância que proporciona uma sensação de bem-estar e ajuda a reduzir as tensões do dia-a-dia. A endorfina também auxilia na neutralização dos radicais livres, um dos responsáveis pelo processo de envelhecimento do organismo. Entretanto, é necessário criar o hábito de caminhar. "É interessante que a pessoa caminhe pelo menos três vezes por semana, respeitando seu próprio ritmo. Se não houver regularidade, o indivíduo corre o risco de criar mecanismos compensatórios, ou seja, querer fazer atividades físicas excessivas para um único dia, causando ainda mais estresse ao seu corpo", explica o tenente-coronel. Roberto Braga Gomes também tem observado que a prática da caminhada está se tornando mais popular: "Parece que finalmente as pessoas estão percebendo que o corpo humano foi criado por Deus com uma estrutura perfeita para caminhar. A corrida é para qualquer eventualidade, para uma situação de risco iminente. A caminhada é mais saudável, mais natural e pode ser praticada por qualquer um".  

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: fitness emagrecer tpm endorfina caminhada

Últimas