Celulite? Nem pensar!

Celulite Nem pensar

Um terror para quase 100% das mulheres, a celulite não é considerada um problema estético e, sim, uma doença. Ela é descrita como sendo depósitos irregulares de gordura, formando saliências e depressões nas regiões dos glúteos, coxas, abdome e braços. A sua principal causa é o depósito de tecido adiposo e pouco músculo.

Acomete os tecidos subcutâneos e conjuntivos, entre a pele e o músculo, causando nódulos, acúmulo de líquidos, alterações nas células gordurosas e até dor, afetando os pequenos vasos sangüíneos e linfáticos.

Mulheres em geral, jovens e de meia idade, magras ou com excesso de peso são as mais atingidas, sendo que homens também apresentam, mas em uma freqüência menor. "É muito difícil eliminar a celulite, mas você pode preveni-la ou amenizá-la"

A celulite está ligada a fatores hereditários e sua principal causa está no hormônio chamado estrógeno. Em épocas onde há aumento na produção desse hormônio como gravidez, amamentação, menstruação, pré-menopausa e no uso de anticoncepcionais, a celulite se agrava.

A falta de atividade física e uma dieta inadequada também colabora para o aparecimento desta inconveniente companheira.

O melhor a ser feito é praticar exercícios e mudar os hábitos alimentares. Quanto mais você demorar para iniciar o tratamento, mais difícil é a sua recuperação e seu o combate. Uma pessoa que faz exercícios periódicos tem menos chance de ter celulite, desenvolvendo-a se tiver uma dieta desbalanceada, problemas hormonais ou se estiver geneticamente pré-disposta.

Exercícios que estimulam a circulação sangüínea e a oxigenação, como os aeróbios, ajudam muito, mas a atividade que dá melhor resultado é a musculação, pois esta ajuda a eliminar gorduras localizadas e a aumentar a massa muscular - fazendo com que o músculo tome o lugar da gordura. Com a musculação, você define os músculos, deixando o seu corpo mais bonito e delineado.

Para o combate da celulite é indicada a prática de:

- Exercícios aeróbios três vezes por semana de 30 a 50 minutos;

- Exercícios com peso (musculação), três vezes por semana;

- Drenagem linfática de uma a duas vezes por semana;

- Alongamentos antes e depois das atividades.

Você pode alternar os exercícios aeróbios (corrida, caminhada, step, bicicleta ergométrica, spinning e hidroginástica) para que possam ser trabalhadas partes diferentes do corpo. As aulas de circuito ou condicionamento físico, localizada, Body Pump também são boas alternativas.

É muito importante ter o acompanhamento de um professor para dividir adequadamente o seu programa de atividades. O planejamento alimentar também é fundamental. Se você fizer exercícios, mas comer indisciplinadamente será difícil alcançar os seus objetivos. Tratamentos como ultra-som, endermólise, mesoterapia ajudam, dependendo do grau da celulite, mas só devem ser feitos sob orientação médica.

Previna a celulite com a alimentação balanceada e a atividade física. Esta é, sem dúvida, a fórmula mais fácil e saudável.

Comente

Últimas