Exercícios a dois

Exercícios a dois

Nesta semana em que comemoramos o dia dos namorados, vamos falar de companheirismo.

Companhia é bom até na hora de malhar, pois para algumas pessoas se exercitar sozinho, além de ser monótono, pode ser motivo de muitas discussões entre casais. Quer por ciúmes dos "fortões" da academia ou porque você está saudável, bonita e com um corpo legal enquanto ele está gordo, barrigudo e sem ânimo para nada ou ainda, porque ele pratica algum esporte, dispensando pouco tempo a você. Na verdade, os motivos são vários quando um faz alguma atividade física regularmente e o outro não. Aí então, surgem as cobranças quando o que deveria haver é mais incentivo, pois fazer exercícios só traz benefícios a quem os pratica. E, afinal de contas, se a sua cara-metade ficar mais malhadinho (a) para você isso não vai fazer mal algum, vai?

O ideal seria que os dois fizessem parte do mundo dos esportes. Pode parecer radical, mas eu, por experiência própria, afirmo que é muito bom, praticar atividades físicas com a pessoa que você gosta. Além da companhia extra, o estímulo e a motivação aumentam. É muito prazeroso viajar com o seu companheiro para o litoral, por exemplo, e, no final da tarde, saírem os dois para correr na praia, praticar esportes radicais juntos ou até mesmo malhar na academia juntinho. É lógico que isto se torna mais fácil quando os dois apresentam um condicionamento proporcional, mas se não for o caso, um pode ajudar o outro a melhorar, aumentando o seu nível de condição física.

Muitos casais chegam a romper um namoro, por causa de contrariedades e motivos perfeitamente contornáveis, como a prática esportiva de um dos lados. Uma amiga, quase terminou o namoro porque o seu namorado veleja e, na maioria das vezes que ele se dedicava a este esporte, as brigas eram constantes. Ela ficava emburrada porque ele a deixava sozinha e ele por causa do "bico" que ela fazia, além das constantes e chatas reclamações. Até o dia em que ela (por incentivo dele) aprendeu a velejar. Hoje, os dois velejam juntos e adoram este esporte, que os fez conhecer muitas pessoas, lugares lindos e também ter uma vida social saudável e prazerosa para ambos.

Isto não quer dizer que você tenha que praticar o mesmo esporte que ele, mas o simples, porém importante fato de que os dois façam atividades físicas ou pratiquem algum esporte, pode aumentar as afinidades e interesses entre os casais.

Agora, se você está sem namorado, ainda assim, deve fazer exercícios, pois como já citamos, estes irão ampliar o seu convívio social, além de melhorar a auto-estima, a aparência, o humor e até o seu lado profissional. E quem sabe, aí então, você não arruma uma companhia?

Comente

Últimas