Freqüência cardíaca de treino

Freqüência cardíaca de treino

Você sabe qual a sua freqüência cardíaca ideal durante o treino? Cada batida do coração bombeia uma quantidade determinada de sangue para a corrente sanguínea, visando nutrir e oxigenar os músculos.

Com o hábito de fazer exercícios, você faz com que o seu coração se desenvolva, fique maior e mais forte do que o coração de uma pessoa sedentária. Assim, ele bombeia o sangue com maior eficiência e isso faz com que a sua freqüência cardíaca seja menor para movimentar um mesmo fluxo sanguíneo a cada minuto.

Você passará a correr mais, andar mais, pedalar mais para um mesmo número de batimentos cardíacos. Assim, o seu condicionamento físico irá melhorando. Para saber a faixa ideal de batimento cardíaco, o ideal é fazer um teste de esforço máximo, como o teste ergoespirométrico.

Mas, enquanto não faz o teste, você pode fazer a seguinte fórmula: 220 menos a idade (para homens) e 226 menos a idade (para mulheres). Trabalhe de 60% a 75% deste valor. Esta é uma faixa segura para a maioria das pessoas (a não ser que você tenha problemas de cardiopatias, pressão alta e outros). Neste caso não inicie nenhuma atividade física antes de fazer uma avaliação física.

Freqüência cardíaca de treino

Se você não fez o teste ergoespirométrico trabalhe dentro desta faixa. Estes números podem ter uma pequena variação. Atletas podem fazer treinos alternando a intensidade utilizando batimentos acima de 85% da F.C. Máxima (sob orientação).

O ideal seria usar um frequencímetro para medir os batimentos cardíacos. Ele é sem dúvida mais seguro e preciso nos resultados. Se você não tem um, controle a freqüência, colocando os dedos indicador e médio (da mão esquerda) no pulso direito. Marque os batimentos durante 10 segundos e multiplique por 6, para ter os batimentos por minuto.

Comente

Últimas