Ginástica de 30 minutos

Ginástica de 30 minutos

Você já deve ter ouvido falar da ginástica de 30 minutos, não é? Esse método diferente de se exercitar permite que em apenas 30 minutos de aula sejam feitos exercícios aeróbicos como pular corda, atividades com bambolê e exercícios de força, que ajudam na eliminação de peso, fortalecimento muscular e condicionamento físico.

Esta é uma tendência de atividade física voltada para as mulheres que tem uma vida corrida, filhos, estudos e trabalhos dentro e fora de casa, e falta espaço na agenda pra cuidar da forma física.

Estas academias, que parecem um clube de "luluzinhas", ganham cada vez mais simpatizantes, o ambiente é muito agradável, os professores e funcionários geralmente são do sexo feminino, não há espelhos na sala de aula e assim ninguém desvia a atenção para outra pessoa que esteja em melhor forma.

A roupa não é problema, pois até a turma do camisetão sente-se bem e por não ter homens no recinto, todas relaxam, pois não vão ser alvo de olhares críticos e cantadas indesejadas. O treino é rápido, mas eficaz.

Segundo Gary Heavin, um americano especialista em nutrição e saúde que inventou o sistema na década de 90, este método consiste em aliar a redução da "jornada" de horas dentro da academia. A aparelhagem é especialmente desenhada e desenvolvida para serem fáceis de usar, dessa forma facilita o melhor aproveitamento dos 30 minutos.

Há academias que trabalham da seguinte maneira: com equipamentos com sistema hidráulico, aqueles sem nenhum peso adicional, o que evita possíveis lesões, pois não há impacto. O nível de resistência se adapta a qualquer usuária e permite a execução do treinamento de maneira confortável.

Para realizar os movimentos você puxa e depois empurra, melhor do que abaixar e levantar pesos. Os equipamentos são ajustáveis a qualquer preparo físico e faixa etária. O circuito é mais simples e mais rápido, não dura nem meia hora. Contando com os alongamentos, você ficará na academia entre 30 e 33 minutos.

Em outras academias desta linha, o trabalho é assim: a professora orienta para fazer primeiro um aquecimento. Os equipamentos são os tradicionais de musculação normal, mas adaptados para o público feminino. O treinamento permite que você aumente a carga, desafiando assim os músculos. Para seguir o programa basta seguir uma gravação que comanda o momento de mudar de aparelho. Você também pode pedir exercícios extras para as regiões que mais necessita.

Há ainda uma terceira opção de academia express, em que os equipamentos são hidráulicos, porém mais simples que os tradicionais. Não há pinos, nem anilhas de peso, o nível de resistência adapta-se a qualquer pessoa e o sistema permite um aumento de carga. Você também pode pedir exercícios específicos extras para as áreas que a preocupa.

Apesar de métodos de trabalho diferentes elas têm a mesma proposta que são: "30 minutos são suficientes para aumentar a musculatura ao mesmo tempo em que se queima calorias".

Ao concentrar em uma única aula de exercícios para fortalecer os músculos e atividade aeróbica, o principal mérito desta ginástica é proporcionar uma atividade física completa.

Para não haver frustração é bom saber que esta não é uma alternativa para quem busca metas muito específicas como esculpir o abdômen ou ganhar fôlego para uma maratona, mas sim uma boa opção para os que procuram os benefícios gerais da atividade física, sem dispor de tempo livre.

Se você se identificou com a proposta das academias expressas, experimente fazer uma aula-teste em uma das redes existentes, pois apesar da base ser a mesma (treino em circuito de meia hora), elas possuem características diferentes.

Comente

Últimas