HIIT: todo mundo pode fazer treino de alta intensidade?

Saiba porque o treinamento intervalado de alta intensidade não é indicado sem preparo prévio
hiit treino

Foto: iStock_Jacob Ammentorp Lund

Nós já sabemos que o HIIT(High-Intensity Intermittent Training) é o exercício físico da moda. Sem dúvidas ele é a opção certa para quem quer emagrecer de forma rápida e treinando pouco. Parece maravilhoso não é? Mas calma, será que todo mundo pode treinar tão intensamente?


Para conquistar aqueles resultados surpreendentes da perda de gordura e condicionamento físico, primeiramente é preciso já ser um praticante de atividade física. Caso contrário, é como correr uma maratona sem nunca ter corrido antes: sofrido e até traumático.

Isto porque é preciso cuidado ao iniciar ou reiniciar um programa de exercícios. Para evitar lesões, o melhor mesmo é começar com uma baixa intensidade e ir evoluindo gradualmente, para que você tenha condições de aguentar um treinamento mais intenso. Ou seja, nada de ir ‘com muita sede ao pote’, lembre-se de que o HIIT empurra seu corpo aos limites!

O treinamento intervalado de alta intensidade também exige que o praticante tenha um tempo de recuperação. Definitivamente, não é uma coisa que se faz todos os dias como a musculação. A frequência deve ser de 2 a 3 vezes por semana, em dias alternados.

Agora se você já tem os pré-requisitos para ser um atleta de HIIT, confira 5 motivos que fazem do treinamento intenso ser a melhor alternativa para conquistar o sonhado objetivo:

1. Queima mais gordura

Praticando o treino, não só você queima calorias instantaneamente, como nas próximas 24 horas também. Alguns estudos descobriram que as fibras musculares de pessoas que são submetidas ao HIIT têm níveis muito mais elevados de queima de gordura, se comparados a indivíduos que são submetidos ao exercício constante.

HIIT todo mundo pode fazer treino de alta intensid

2. É mais eficiente

O treinamento também ajuda a aumentar a massa muscular e a aumentar a resistência cardiovascular.

3. Mais perda de gordura e menos perda de músculo

É realmente difícil não perder massa muscular junto com a gordura. O HIIT permite que os músculos sejam preservados e ainda mais tonificados.

4. Acelera o metabolismo

Em um estudo que foi apresentado na reunião anual do 'American College of Sports Medicine', foi mostrado que os indivíduos que seguiram o HIIT como método de treino, queimam quase 10% mais calorias, durante as 24 horas seguintes do final do treino, quando comparados a aqueles que realizaram exercícios aeróbicos constantes.

5. Variedades nos exercícios

Os movimentos executados são: corrida, pular corda, jump e também algumas movimentações utilizadas no treinamento funcional.

Por Thamirys Teixeira

Comente

Últimas