HIIT: treino rápido e intenso

Ideal para potencializar o corpo

HIIT treino rápido e intenso

Está procurando por um treino rápido e que misture diferentes movimentos e exercícios, dentre eles os de treinos funcionais e esportes? Pode parar de procurar, pois você acaba de achar a solução para os seus problemas: o High-Intensity Intermittent Training, conhecido como HIIT, ideal para quem curte atividades intensas feitas em menos tempo.

O treino HIIT é um conjunto de exercícios que ajuda perder até 550kcal em 20 minutos. Como? Durante os exercícios, o atleta executa movimentos que não se repetem, dentre eles estão a musculação, pular corda, corrida e remo. Tudo é feito em até 30 minutos contando o alongamento e aquecimento.

Milagre? Não! O treino, que é febre nas academias, foi baseado em um estudo de 1996, realizado pelo professor japonês de educação física IzumiTabata. O pesquisador comparou diferentes exercícios e conseguiu descobrir que o aluno que faz 20 minutos de atividades físicas - executadas em sequência e com intensidade - são mais eficazes que 60 minutos de exercícios aeróbicos moderados.

Os exercícios são intensos! Isso significa que quem pode fazer deve ter experiência em algum treino - ninguém quer ter uma lesão ou outra complicação, por causa da academia, certo? Por isso, é ideal para quem já tem a musculatura e o sistema cardiovascular treinado com altas frequências de exercícios. Quem opta pelo treino deve fazer de duas a três vezes na semana (em dias alternados).

Como benefício, o atleta consegue trabalhar o corpo todo - diferente de outros treinos que, geralmente, são localizados. Por causa da intensidade, a capacidade de queimar gordura também aumenta, além de definir músculos, dar o efeito "Afterburn" (que significa "queima posterior" e que acontece quando o corpo continua a diminuir as calorias, depois de 24 horas de treino) e aumentam até 10% do gasto calórico.

E a intensidade também é o principal motivo de contraindicações para pessoas hipertensas, com problemas nas articulações ou cardiovasculares. Antes de qualquer mudança de exercícios, procure um médico e o professor da academia. Não tome nenhuma decisão precipitada, pois os movimentos errados podem fazer mal até para o coração!

Como o nível de treino é mais elevado, o ideal é realizar os exercícios em academias ou acompanhados de um profissional para evitar complicações no corpo e também aumentar ou diminuir o ritmo dos exercícios. O ideal é que o professor mostre os exercícios, deixe que o aluno os faça e fracione os movimentos para dificultar cada estágio.

O alongamento, aquecimento e treinos localizados são ideais para potencializar o HIIT. O indicado, segundo os experts no assunto, é optar por exercícios de menores intensidades para potencializar o sistema cardiovascular e aeróbicos para deixar o corpo pronto para aguentar a alta queima de calorias e intensidade de atividades.

Por Caroline Sarmento


Comente

Assuntos relacionados: corpo exercícios emagrecer treino

Últimas