Inove no Pilates

Confira 8 novas modalidades do exercício do momento

Inove no Pilates

Apesar de serem quase centenários, os exercícios criados por Joseph Huberts Pilates são atualizados com as constantes reinvenções que os treinadores de academias vêm inserindo na técnica. Será que você conhece as novas modalidades do Pilates?

O método de controle muscular melhora a resistência, consciência corporal e controle respiratório, reduzindo o estresse e a fadiga e desenvolvendo a força muscular. Isso tudo combinado a diversos outros tipos de exercícios, trabalhando mais e melhor todos os grupos musculares.

Veja 8 exemplos de modalidades de pilates fresquinhas incluindo a técnica de Joseph.

AeroPilates

O "aero" do nome não significa (necessariamente) que você ficará suspensa praticando Pilates, mas relaciona-se com exercícios aeróbicos, como esteira, elíptico, bicicleta e corda - tornando o exercício muito mais dinâmico.

Indicadas para condicionamento físico e cardiovascular, equilíbrio postural, coordenação, flexibilidade e perda de peso, as aulas são feitas em circuito, trabalhando tanto o sistema cardiovascular como as funções musculares.

Pilates Funcional

Sabe todos os exercícios que deixam o corpo dos praticantes tinindo? Bateram no liquidificador, adicionaram Pilates e ele ficou funcional.

Aqui são inclusos movimentos de RPG (Reeducação Postural Global), Yoga, Iso-Stretching (ginástica terapêutica) e diversas outras técnicas de conscientização corporal.

O resultado mais aclamado pelo exercício é uma grande melhora de postura - o que harmoniza bem com a flexibilidade e a concentração, estimuladas ao mesmo tempo.

Pilates no Tecido

Esse é para quem sempre quis fugir com o circo, pois as acrobacias circenses são as grandes aliadas do Pilates nessa modalidade.

Além dos benefícios aos músculos, a coluna também agradece. Pela possibilidade de fazer os exercícios em posição inversa, a modalidade provoca a descompressão da coluna, aliviando bastante as dores nas costas.

Consciência corporal, força muscular, capacidade física, flexibilidade e mobilidade das articulações são outros pontos altos das aulas.

Pilates Walker

A técnica foi criada pela fisioterapeuta paulista Barbara Reginato e soma as técnicas e aparelhos do Pilates às corridas e caminhadas. A ideia principal é que todos os grupos musculares sejam exercitados ao mesmo tempo, potencializando os efeitos e benefícios ao corpo.

São realizados, em média, de 10 a 15 exercícios de força e resistência por aula, utilizando toning ball, faixa elástica e fitness circle. Por ser realizado em cima da esteira, promove perda de peso e contribui para melhora do sistema cardiovascular e respiratório.

Power Plate Pilates

Essa modalidade de Pilates é feita em cima do aparelho vibratório Power Plate. As vibrações emitidas pela máquina provocam cerca de 25 a 50 reações naturais e involuntárias dos músculos por segundo, intensificando exercícios comuns do Pilates, como abdominal e elevação pélvica.

Além disso, a técnica promete melhoria imediata da circulação sanguínea, aumento da força e densidade óssea, resistência e flexibilidade muscular, redução da celulite, alívio da dor e sensibilidade e recuperações mais rápidas.

Standing Pilates

A tradução dessa modalidade criada nos Estados Unidos significa "Pilates em pé" e daí já podemos ter uma ideia do que se trata o exercício. Ele pretende diminuir os riscos e efeitos da osteoporose, por beneficiar o metabolismo ósseo durante a execução dos movimentos.

O equilíbrio do corpo é um dos pontos mais exercitados nas aulas e isso estimula o fluxo sanguíneo e a performance do praticante em sua movimentação.

Algumas academias ainda oferecem aos alunos um colete chamado Tye4. Ele contém resistências elásticas que possibilitam que a carga do corpo seja acionada para resistir ao movimento ou ir a seu favor.

Xtend Barre

Se o seu sonho de criança alguma vez já foi ser bailarina, corra para alguma academia que ofereça o Xtend Barre.

A modalidade combina a força, concentração e equilíbrio do Pilates aos exercícios rígidos e visualmente leves do balé para proporcionar perda de peso, formas e postura de bailarina. Além disso, propõe fortalecimento dos músculos, melhor condicionamento físico, coordenação motora, equilíbrio, flexibilidade e postura ao praticar as aulas.

Yoguilates

Como você deve ter notado pelo nome, essa modalidade alia os exercícios relaxantes de respiração do Yoga com os movimentos do Pilates, que mantém o abdômen contraído o tempo todo.

A sequência de movimentos começa com as poses de Yoga no solo, passam para os movimentos mais intensos do Pilates e terminam com posições relaxantes em pé do Yoga. Além dos músculos, a mente agradece pela meditação.

Juliany Bernardo (MBPress)


Comente

Assuntos relacionados: fitness exercícios pilates

Últimas