Inverno para emagrecer

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Saiba por que as baixas temperaturas queimam mais calorias

Inverno para emagrecer

Inverno e malhação não combinam. Se você concorda com a afirmação, saiba que sair debaixo das cobertas e enfrentar o frio não é tarefa das mais agradáveis, mas para quem quer emagrecer, esse é a estação ideal. De acordo com o educador físico Cauê La Scala Teixeira, durante o inverno há um aumento no consumo de energético, pois a temperatura ambiente geralmente é menor do que a temperatura corporal. Com isso, o corpo perde calor para o meio mais facilmente e, na tentativa de manter a temperatura corporal constante, o organismo aumenta a produção interna de calor, aumentando o metabolismo e, consequentemente, o gasto calórico diário. Ou seja, os exercícios que você pratica nos dias frios gastam mais calorias do que os demais.

Para quem acredita que driblar a preguiça e encarar o frio não compensa, Teixeira explica que o organismo, principalmente, a musculatura esquelética, converte a energia dos alimentos em movimento e calor. Os movimentos servem para locomover o corpo nas diversas atividades diárias enquanto o calor, nessa situação, tem a função de auxiliar na manutenção da temperatura corporal. "Um exemplo clássico dessa tentativa de manter a temperatura corporal em dias frios são os tremores, nos quais os músculos produzem calor à custa da energia dos alimentos, aumentando o gasto calórico", ilustra.

Mas, muita calma. Não é porque a queima calórica é maior no inverno que você vai passar horas malhando na esperança de ficar com um corpão de modelo. É importante lembrar que é no excesso que mora o perigo. Segundo o educador, a prática de exercícios pode maximizar o gasto calórico, pois as calorias queimadas durante os exercícios serão somadas às gastas em repouso. Então, em relação ao volume e a intensidade dos treinos, não há necessidade de aumentá-los durante as baixas temperaturas.

Agora, se o seu objetivo é aumentar a intensidade dos exercícios, o inverno pode ser uma boa época para isso, uma vez que a troca de calor com o meio ambiente ocorre com mais facilidade, a desidratação e o desgaste físico ficam atenuadosoq ue possibilita um esforço adicional. "Nesses casos, o aquecimento é fundamental para preparar o organismo para o esforço. Vale ressaltar que, pelo fato do organismo gastar mais calorias em clima frio, a fome também aumenta e há uma tendência das pessoas comerem mais para compensarem o gasto calórico aumentado. Assim, a pessoa que objetiva emgrecer deve controlar seus anseios a fim de equilibrar ingestão e gasto calórico", conclui.

Por Paula Perdiz

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas