Mente sã, corpo são

Conheça atividades que equilibram corpo e mente

Mente sã corpo são

Para espantar o estresse nada melhor do que um banho quentinho ou uma massagem relaxante. Outra opção é recorrer a terapias alternativas para buscar paz e equilíbrio. Quer conhecer algumas? O Maisequilíbrio conversou com a Amélia Kassis, psicóloga e diretora da Companhia Zen, clínica com foco em qualidade de vida.

Veja as atividades que ela sugere para você se sentir mais relaxada e equilibrada:

Yoga: a prática da Hatha yoga procura equilibrar o corpo e a mente através de asanas (posturas físicas), pranayamas (controle da respiracão), bandhas (contrações) e kriyas (purificação dos olhos, estômago, intestino, vias nasais e língua). "A atividade estimula o sistema nervoso central e simpático, promovendo a quietude da mente através do relaxamento e meditação", explica Amélia. Outro benefício é o aumento da elasticidade e vitalidade corporal.

Reflexologia podal: essa massagem é capaz de revigorar o corpo todo através de estímulos dos terminais nervosos nos pés. Com duração de 30 minutos, trata tanto do físico quanto do emocional. Amélia conta que, de acordo com a filosofia oriental, tudo o que acontece no corpo reflete na mente. "Ao ter seu corpo massageado você administra seu estresse e equilibra corpo e mente". Os pés têm uma história interessante: as pessoas, muitas vezes, os veem como uma parte estranha de sua anatomia e raramente atentam para a importância dessas extremidades. "Trabalhar os pés é trabalhar nossa base, nosso apoio e estabilidade em todos os aspectos da vida. Todas as partes do corpo correspondem a determinadas áreas reflexas nos pés. Nós, reflexologistas, temos por objetivo estimular esses reflexos", diz a psicóloga. "Mais do que uma técnica de equilíbrio energético, a reflexologia é um modo de vermos, sentirmos e compreendermos as pessoas, a vida e a nós mesmos. A reflexologia não deve ser aplicada em gestantes.

Psicoterapia - psicólogos especializados na abordagem analítica corporal utilizam de práticas corporais como Calatonia (técnica de relaxamento profundo que promove o reequilíbrio físico e psíquico), exercícios bioenergéticos, respiratórios e terapia de imagem, aliadas à intervenção verbal, com o objetivo básico de levar o indivíduo a uma maior compreensão de si mesmo, a fim de auxiliá-lo na obtenção de um melhor posicionamento perante a vida. "São atendimentos individuais de 50 minutos. Os benefícios de um acompanhamento psicológico são inúmeros. Conhecer a si mesmo e saber gerenciar suas emoções e comportamentos, liberando as tensões corporais, é o caminho mais eficaz para o equilíbrio psicofísico. Não há contraindicação", diz Amélia.

Shiatsu: é uma técnica de equilíbrio físico e emocional por meio de alongamentos e de massagens que utiliza a pressão com os dedos, palmas da mão, cotovelo, pés, sem necessariamente utilizar qualquer tipo de intervenção mecânica, em certos pontos do corpo. Tem por objetivo maior a conscientização do ser humano promovendo sua saúde (harmonia) e auxiliando-o a um melhor posicionamento perante à vida, aumentando sua capacidade de ser feliz. "Para entendermos o shiatsu é necessário compreender a estrutura de pensamento oriental. Para a filosofia oriental, o corpo é a entidade física da mente. Tudo que ocorre no interior da pessoa é retratado pelo corpo, não há a divisão cartesiana de corpo e mente, como acontece no pensamento ocidental", esclarece Amélia.

Quando um corpo é tocado algo mágico acontece, não são apenas os músculos e nervos, mas uma gama de pensamentos e sentimentos são despertados (medos) e nossos sonhos, desejos, aspirações e frustrações são desbloqueados. "Não é apenas a forma do corpo que se altera, mas também a forma que se rompe para sermos mais autênticos. É esse processo de conscientização o maior benefício do Shiatsu. É necessário um profissional treinado e com habilidades de diagnose. Dessa maneira não há contraindicações", diz a diretora da Companhia Zen.

Juliana Falcão (MBPress)


Comente

Últimas