Mini Band - Seu treinamento funcional portátil

O exercício proporciona definição e fortalecimento muscular, além de queimar calorias

Mini Band  Seu treinamento funcional portátil

Ficar com tudo durinho não é nada fácil, principalmente quando não se tem tempo de ir à academia diariamente. Mas praticidade é o sobrenome das Mini Bands, que prometem dar resultados rápidos, queimar calorias e ainda caber na sua nécessaire.

Mini Band nada mais é do que uma faixa elástica circular e um pouco menor que a tradicional Thera Band, usada também para treinamentos funcionais. Fernando Mazota, personal trainer pós-graduado pela Universidade de São Paulo (USP), explica: "Como outros elásticos, a principal característica do Mini Band é a resistência progressiva, que aumenta conforme a faixa é esticada".

Proporcionando definição muscular, queima calórica e fortalecimento dos músculos, principalmente dos membros inferiores e glúteos, a faixa é indicada até para a reabilitação de pessoas que sofreram lesões. "Basta colocar a faixa ao redor das pernas ou coxas e executar o movimento desejado. Para os membros superiores, as movimentações ficam um pouco limitadas, graças ao tamanho da faixa. Para os braços, é ideal usar as Thera Bands", indica o personal.

A quantidade gasta de calorias em um treino com Mini Bands varia de acordo com a intensidade dos movimentos e com a massa da praticante. "Um treino leve de meia hora gasta, em média, 100 kcal para um indivíduo de 70 kg. Já um treino intenso pode chegar a queimar 400 kcal por hora!", afirma Mazota.

Não é porque você pode carregar as faixas para onde quiser e que seu preço é em conta - de R$40,00 a R$50,00 - que deve deixar de consultar um profissional especializado!

"Como qualquer atividade física, o Mini Band envolve desde lesões relativamente leves, como as musculares, até lesões mais sérias, como as articulares. A melhor forma de evitar isso é realizando os movimentos com a supervisão de um educador físico", informa o especialista.

Mas nada de abusar do corpo. O recomendado é que se dê um descanso de 48 horas entre as sessões de exercícios para que as fibras musculares possam se recuperar. Sendo assim, utilize a Mini Band até três vezes por semana e em dias não consecutivos.

Caso vá praticar ao ar livre, não se esqueça do protetor solar e da garrafa d’água. Não adianta fazer os movimentos corretamente e pegar uma insolação, não é?

Contato

Fernando Mazota - personal trainer

Juliany Bernardo (MBPress)


Comente

Assuntos relacionados: calorias treinamento funcional mini bands

Últimas