Queime calorias dançando!

Seis ritmos para definir a silhueta e eliminar os quilinhos extras
Queime calorias dançando

Dança de salão

A verdade seja dita. Nem todo mundo gosta de permanecer durante horas e horas na academia pegando pesado na malhação para tentar eliminar os quilinhos extras. Mas, se este é o motivo que lhe fez desanimar e desistir da boa forma, saiba que é possível definir as curvas e de quebra eliminar peso de maneira divertida e gostosa: por meio da dança. 

As aulas de dança dentro de uma academia de ginástica visam o trabalho cardiovascular e melhora da qualidade de vida. Todos podem praticar, porém, sempre com alguns cuidados antes de iniciar as aulas. "O aquecimento, por exemplo, deve estar inserido dentro do programa geral da aula, pois normalmente o instrutor inicia a aula com movimentos globais que se encaixam dentro da coreografia", afirma a Juliana Barbosa de Sousa, professora de coletivas da rede Body Tech.

A hidratação também é muito importante durante a aula, pois ocorrem perdas significativas de líquidos e minerais.

Você pode praticar as aulas de danças quantas vezes preferir durante a semana, porém, respeite os limites de seu corpo. "O sistema cardiovascular se adapta com mais facilidade quando comparado ao sistema músculo-esquelético, ou seja, mesmo que você tenha fôlego para aguentar aulas todos os dias do começo ao fim, observe se os músculos estão preparados para receber a sobrecarga das aulas", alerta a Patty Medeiros Coordenadora de coletivas da rede Body Tech.

A coordenadora informa que não existem restrições de idade para quem deseja começar a participar das aulas de dança.

Curtiu as dicas? Veja a lista de danças que mais queimam calorias de acordo com Juliana Barbosa e Patty Medeiros:

Dança de salão (385 kcal/1h de prática)

A aula é composta por diversos tipos de danças executadas por casais ou com passos individuais. Os mais diversos ritmos compõem a aula, entre eles bolero, salsa, tango, forró, samba rock e outros. Ela melhora o equilíbrio e a coordenação.

Dance mix (385 kcal/1h de prática)

A divertida aula explora variados estilos para que, através de muita dança, se consiga trabalhar o condicionamento cardiovascular, coordenação e ritmo. Normalmente, a aula é trabalhada com músicas de balada e movimentos mais livres. Ela propõe o divertimento e o gasto calórico, sem muita ênfase para a técnica do movimento.

Belly dance (315 kcal/1h de prática)

A sensualíssima aula de dança do ventre envolve movimentos harmoniosos entre quadril, cintura e braços. A dança usa todos os músculos do núcleo do corpo com o mínimo esforço sobre as articulações, por isso é perfeito para pessoas de todas as idades. Ao som de muita música árabe, o ritmo é muito requisitado pelas mulheres que gostam de se trajar a caráter para participar da aula.

Hip Hop (420 kcal/1h de prática)

O ritmo combina elementos do jazz com movimentos de dança de rua. Ao som de black music a aula explora coreografias inspiradas na cultura hip hop. A prática traz aumento da flexibilidade e melhora cardiovascular.

Zumba (420 kcal/1h de prática)

Recentemente divulgada pela mídia, a modalidade coreografada que mistura os mais diversos ritmos latinos, procura buscar a melhora da coordenação e condicionamento físico. Salsa, cumbia, samba e merengue são alguns dos ritmos que compõem a aula que atraiu a atenção de estrelas internacionais, como a cantora Jennifer Lopes e a atriz Eva Longloria.

Aerojazz (420 kcal/1h de prática)

A modalidade que foi idealizada e criada pela instrutora Regina Calil, adaptou os movimentos do jazz para a sala de ginástica. Ela mistura movimentos de jazz, além de trabalhar a coordenação e ritmo e modelar o corpo. É bem divertida.

Patty ressalta que os valores de gasto calóricos foram baseados no gasto médio de um homem com 70Kg exercendo a atividade por 60 minutos. Sendo assim, pode haver variações, dependendo de sua idade, peso e sexo.

Por Stefane Braga (MBPress)

Comente

Últimas