A Escolha Certa no Restaurante de Fast Food!

A Escolha Certa no Restaurante de Fast Food

Atualmente, observa-se que há uma necessidade crescente da população por uma alimentação próxima ao local de trabalho com a finalidade de evitar a perda de tempo. Isso conduz freqüentemente à substituição do almoço tradicional por lanches ou sanduíches.

Assim, proliferam-se em variedade e em número as redes de fast foods, com objetivo de atender aos consumidores que além de se alimentarem fora de casa, também têm pressa e procuram por refeições rápidas, com qualidade higiênico-sanitária e com preços acessíveis.

Mas afinal, qual é o conceito de fast food ?

O fast food é um segmento no setor de alimentação que se constitui pela produção mecanizada de um determinado número de itens padronizados, os quais são sempre idênticos em

peso, aparência e sabor. Em geral, as redes de fast food oferecem variedade limitada de produtos no cardápio, garantia da procedência de sua matéria-prima e preços compatíveis com o tipo de alimentos comercializados.

Alguns exemplos de redes de fast foods bastante conhecidas são: Mc Donald's, Bob's (sanduíches), Baked Potato (batatas assadas, com recheio) e Pizza Hut (pizzas - brotinho).

Consumir alimentos em redes de fast foods pode prejudicar meu plano alimentar?

Isso depende de alguns fatores. É importante destacar que consumir sanduíches ou pizzas, no almoço, 1 ou 2 vezes por semana, não prejudica ninguém, desde que os ingredientes que os compõem não seja tão ricos em gordura.

Assim, os produtos que não contenham embutidos (bacon, salame, presunto), maionese, queijos amarelos (exemplo: cheddar), catupiry, molhos cremosos ou que não sejam fritos, na maioria das vezes, possuirão menos calorias em relação a aqueles que abusam desses ingredientes.

Compare o valor calórico dos produtos do McDonald´s, do Bob´s e de outros fast foods:

Tabela de Fast Food - Mc Donald's

fast food mc donalds

Tabela de Fast Food - Bobs

fast food bobs

Tabela de Fast Food - Outros

fast food outros

Um fator que se deve levar em conta também, são os nomes das preparações: aqueles que contêm os adjetivos "Big", "Super", "Supreme", em geral, possuem uma quantidade maior de ingredientes ricos em gordura do que os comumente comercializados, portanto, fornecem mais calorias.

Não esqueça de prestar atenção nos acompanhamentos. Dê preferência à batata frita pequena e ao refrigerante light. Entre as sobremesas disponíveis, escolha a menos calórica como, por exemplo, uma tortina de banana (211 Kcal) ou invés do sundae de chocolate (299 Kcal). Mas, como essas sobremesas são bastante calóricas, consuma-as esporadicamente.

Outra dica fundamental: não saia do trabalho "verde de fome". Se você passou muitas horas sem se alimentar, ficará muito difícil entrar em um estabelecimento de fast food e pedir apenas uma batata assada com recheio requeijão e cogumelos ou uma pizza brotinho de mussarela ou ainda, um hambúrguer. O longo período em jejum fará com que acabe ingerindo o maior sanduíche com todos os complementos "que tem direito". Dessa forma, a quantidade de calorias consumidas poderá, até mesmo, ser o equivalente à necessária para mais de duas refeições.

Uma alimentação saudável deve ser variada para que todos os nutrientes possam ser obtidos na quantidade recomendada. Entretanto, como os alimentos das redes de fast food apresentam alta quantidade de gordura, quando for consumí-los, dê preferência aos menos calóricos e, assim, você estará evitando o excesso de calorias que será depositada na forma de gordura corporal o que fará com que aumente de peso. Por isso, não é proibido alimentar-se em fast food mas, para não cometer exageros, é preciso freqüenta-los esporadicamente.

Comente

Últimas