Abacaxi em gomos

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Abacaxi em gomos

O abacaxi é muitas vezes intitulado como uma 'fruta feia' e até mesmo 'azeda', devido à alta acidez da sua polpa, mas, para os agricultores preocupados em desenvolver a 'fruta perfeita', isto já não é problema. O Abacaxi IAC Gomo-de-mel, também conhecido como 'abacaxi em gomos' é mais atraente que o convencional: sabor mais doce, maior suculência e textura mais macia são algumas das suas vantagens. O nome da fruta (Gomo-de-mel) foi criado, pois é possível consumi-la em gomos e a sua doçura é incomparável.

Quem desenvolveu este produto foi o Instituto Agronômico de Campinas (IAC). Esta fruta tem cor amarelo-ouro e possui várias partes, chamadas 'frutilhos', que vêm unidas umas nas outras e podem ser destacadas facilmente quando a fruta está madura, o que não acontece no abacaxi comum. De acordo com Ademar Spironello, pesquisador do IAC, o cilindro central da fruta é bastante doce e macio, o que também a difere da fruta comum.

Além destas vantagens, o abacaxi em gomos pode ser consumido individualmente, pois o tamanho é menor e, como as técnicas de plantio e colheita são bem semelhantes às utilizadas em outros tipos de abacaxi, o processo torna-se interessante para os agricultores.

No entanto, segundo o pesquisador, embora este tipo de abacaxi seja fácil de ser propagado em laboratório, a sua multiplicação em grande escala para plantio comercial é demorada, em função do longo ciclo de cultura: leva cerca de 2 anos para as mudas naturais serem plantadas e 1,5 ano para a produção.


Ademar Spironello conta ainda, que em São Paulo e Presidente Prudente (SP) houve pequenas vendas de Abacaxi IAC Gomo-de-mel, com grande aceitação e euforia por parte das pessoas que provaram, mas isso é difícil de acontecer. Ele relata também possuir uma mini produção particular, que terá frutos a partir do final de 2003 e informa que em Tocantins e na Bahia, algumas produções maiores estão sendo iniciadas no momento.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas