Abelhas amigas

Conheça os benefícios da Geleia Real, do mel e do própolis

Abelhas amigas

Qual a primeira coisa que lhe indicam quando você diz estar resfriada? Mel com própolis. Essa pode parecer uma indicação baseada em mitos da época da avó da sua avó, mas os benefícios são comprovados por diversos especialistas. Desde depressão e impotência à clássica dor de garganta, as substâncias vindas das abelhas podem ser ótimas aliadas da sua saúde.

Geleia Real

A Geleia Real é uma substância gelatinosa produzida pelas abelhas operárias jovens e tem como função exclusiva a alimentação da rainha da colmeia e das larvas recém-nascidas em seus três primeiros dias de vida, deixando-as fortes e grandes.

Como afirma a nutricionista Nadya Mambelli, professora da Universidade Anhanguera, "A Geleia Real é rica em aminoácidos e, por isso, funciona como biocatalisadora nos processos de regeneração de células do corpo humano. Além disso, possui carboidratos, enzimas, substâncias minerais e vitaminas - como B1, B2, B6, pequenas doses das vitaminas C e D e ácido fólico.".

A Geleia Real atua contra o envelhecimento prematuro, é eficaz nos casos de anemia, auxilia no tratamento de doenças neurológicas (por aumentar o consumo de oxigênio dos tecidos), estimula a atividade sexual (pela presença de hormônios sexuais), tem propriedade euforizante (sendo útil a pessoas depressivas, impotentes etc.) e contém fator antibacteriano (ativo contra as bactérias Escherichia coli e Salmonela).

Própolis

O própolis se origina na colheita da resina das flores e se mistura à cera e outras secreções das abelhas para se formar. Rico em aminoácidos, vitaminas, bioflavonóides e ácidos aromáticos, é considerado um poderoso antioxidante e é capaz de aumentar a resistência do organismo contra infecções e gripes, além de acelerar a recuperação da pele e auxiliar na defesa do organismo.

A nutricionista funcional e esportiva Daniela de Almeida explica: "Por combater radicais livres, possui papel contra o câncer e doenças autoimunes, cardiovasculares e gastrointestinais. Estudos mostram que o própolis possui ação antibacteriana, sendo classificado como um poderoso antibiótico natural."

Mel

Nosso velho conhecido tem benefícios que nem a vovó mais experiente conhece. "Além de ser um excelente adoçante natural, ele ajuda a tratar doenças como gripe, asma, amigdalite, bronquite e problemas de circulação", ressalta Daniela. Sua função mucolítica dissolve o muco das vias respiratórias e ajuda na expectoração.

A substância mais produzida pelas abelhas contém água, frutose, sacarose, glicose (carboidratos), potássio, ferro, sódio, enxofre, cobre, fósforo, zinco, selênio, cloro, cálcio, magnésio, proteínas e vitaminas A, E, C e do complexo B, além de flavonoides e (UFA!) ácidos fenólicos - que possuem função antioxidante.

Com tantos nutrientes presentes, o mel aumenta a imunidade, auxilia na má digestão e na recuperação de úlceras gástricas - por possuir enzimas que facilitam a digestão - também ajudando a tratar problemas como bronquite, asma e dor de garganta, graças às suas características antibióticas e antissépticas.

Tenha cuidado com o consumo de própolis e mel, caso você tenha diabetes, porque essas substâncias possuem índice glicêmico alto, o que pode elevar os níveis de glicose no sangue. "É importante lembrar, também, que os produtos apícolas não são indicados para crianças menores de 1 ano e em alguns casos até 3 anos, pois são alergênicos e podem conter bactérias nocivas a saúde das crianças", alerta Nadya.

Contatos:

Daniela de Almeida - nutricionista funcional e esportiva

Juliany Bernardo (MBPress)


Comente

Assuntos relacionados: saúde mel

Últimas