Alimentação na África do Sul

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Alimentação na África do Sul

O continente africano recebe sua primeira copa e como sede dos jogos, a África do Sul foi o país escolhido.

Descoberto por portugueses e colonizado por holandeses e ingleses, a cultura do país sede da Copa do Mundo é influenciada pela grande diversidade étnica, o que pode ser apreciado na música, dança e alimentação.

A mistura de costumes vinda de vários países também se reflete em sua cozinha. Países como Alemanha, Holanda, Inglaterra, Índia estão entre as influências gastronômicas, além é claro, da própria África.

Da Holanda, herdaram o Braai (que em africâner significa carne grelhada) e dos indianos, o Bunnychow (pão recheado com feijão e chilli).

Braai inclusive é o nome de uma reunião comum no país, uma espécie de churrasco feito com diversos tipos de carnes.

Dos ingleses, foi herdado o tradicional chá da tarde ao estilo inglês, facilmente encontrado nos restaurantes do país.

Além da carne, o milho, o arroz e a dobradinha também estão presentes na mesa dos sul-africanos.

Entre os temperos, o mais tradicional é o curry, mistura de açafrão-da-índia (curcuma), cardamomo, coriandro, gengibre, cominho, casca de noz-moscada, cravinho, pimenta e canela.

Dos pratos típicos podemos destacar o Bobotie, prato feito a base de carne e tido como o preferido do ex-presidente Nelson Mandela.

Para os torcedores que terão o privilégio de acompanhar a Copa do Mundo em seu país sede, vale a pena experimentar a culinária tradicional, mas sempre com moderação.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas