Alimentos e atitudes para uma boa digestão

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Alimentos e atitudes para uma boa digestão

Que os alimentos fornecem energia, são fonte de nutrientes importantes para o bom funcionamento do nosso organismo você já sabia. Mas você tem consciência que alguns alimentos favorecem a sua digestão? Nessa matéria vamos conhecer e falar um pouco sobre o assunto e sobre algumas atitudes que também te beneficiarão ou prejudicarão, nesse sentido.

Os órgãos que participam da digestão são: boca, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso, pâncreas e fígado. Além da escolha dos melhores alimentos, o bom funcionamento desses órgãos é essencial para que você tenha uma boa digestão.

Abacaxi - o abacaxi contém uma enzima chamada bromelina, que auxilia na digestão de proteínas (principalmente carnes) e gorduras, favorecendo o processo digestivo. Além da bromelina, o abacaxi contém celulose, substância essencial para o bom funcionamento intestinal. Apesar de não conterem bromelina, outras frutas ácidas: como a laranja, também favorecem a digestão. Por isso, algumas pessoas depois do almoço ou jantar, tem o hábito de chupar uma laranja.

Chás - tomar um chazinho depois das refeições é sagrado para muitas pessoas, mas você sabe por que o chá ajuda na digestão? Alguns tipos como: o chá verde, boldo, hortelã, erva-doce, camomila e erva-cidreira são compostos por princípios ativos e óleos que aumentam o fluxo do suco gástrico e ajudam na digestão. Além disso, atuam na proteção das mucosas, pois são ricos em mucilagens.

Alimentos fonte de fibras - existem dois tipos de fibras: as solúveis (encontrada na aveia, cevada, e bagaço de frutas cítricas) e a fibras insolúveis (encontrada em cereais, na casca das frutas, leguminosas, hortaliças).

As fibras insolúveis atuam principalmente na parte inferior do intestino grosso, aceleram o trânsito intestinal e aumentam o bolo fecal, evitando assim a prisão de ventre e outras doenças. As fibras solúveis agem no intestino delgado e estômago, fazem com que a digestão seja mais lenta, proporcionam uma melhora na digestão dos nutrientes, principalmente gorduras e açúcares.

Refeições ricas em fibras exigem melhor mastigação, o que torna a digestão mais fácil. O fato de tornarem o processo digestivo mais lento, colabora também para que os nutrientes sejam melhor aproveitados.

Azeite - baseado nas populações que historicamente só utilizam o azeite, cientistas

verificaram que ele pode facilitar a digestão. Isso se deve ao fato do azeite ter uma boa digestibilidade, não provoca a sensação de "empachamento". Além de servir como lubrificante nos intestinos, facilitando o seu funcionamento.

Fracionar as refeições - o fracionamento das refeições contribui para que você não fique muito tempo sem se alimentar, e acabe comendo em maior quantidade em uma só refeição. Um volume grande de alimento consumido em uma só refeição vai fazer com que a sua digestão seja prejudicada. Ficar muito tempo sem se alimentar faz com que o estômago secrete substâncias ácidas para a digestão, e não encontrando o alimento, poderão ocorrer lesões na parede do estômago e causar as úlceras e gastrites.

Evite deitar após as refeições - a posição inclinada pode favorecer a azia e a indigestão.

Essas foram apenas algumas dicas de alimentos, bebidas e atitudes que podem favorecer a digestão. Mas para garantir o bom desempenho de todas as funções do seu organismo é essencial que tenha uma alimentação saudável, equilibrada e pratique atividades físicas.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas