Bacalhau: uma nobre tradição

Bacalhau uma nobre tradição

Quando a Páscoa se aproxima, muito se pensa em ovos de chocolate, colombas pascais e muitas outras delícias típicas desta data. Porém, além do domingo de Páscoa, devemos nos lembrar do costume de não ingerir carne vermelha na Sexta-feira Santa, dia que simboliza a crucificação de Cristo. Como substituto, um dos alimentos mais consumidos é o bacalhau.  

História

Antes de existir a geladeira, alguns métodos eram adotados para conservarem os alimentos. No caso das carnes, a salga e secagem desses alimentos faziam, e fazem, com que a sua vida útil aumente.

Na época das grandes navegações, os portugueses precisavam de alimentos não perecíveis que suportassem as longas viagens pelo oceano. Assim, o bacalhau foi um de seus escolhidos e, conseqüentemente, foi introduzido na alimentação brasileira já na época do descobrimento. Por sua longa história na culinária portuguesa, o bacalhau se tornou uma tradição e, por justa causa, é conhecido entre os portugueses como um 'fiel amigo'.

Características

Bacalhau é o nome dado ao peixe depois de salgado e seco. Existem cinco tipos de peixes que podem resultar neste alimento, tendo, cada um, suas características próprias que influenciam na sua qualidade e, portanto, no seu preço. São eles: o Cod Gadus Morhua (o legítimo bacalhau também conhecido como Porto), o Cod Gadus Macrocephalus (bacalhau do Pacífico), o Saithe, o Ling e o Zarbo. Pela legislação, somente os Cod podem ser denominados 'bacalhau', enquanto que os outros devem receber a designação 'pescado salgado seco'.

Entre eles há diferenças de consistência, coloração e paladar. Por exemplo, o legítimo bacalhau e o bacalhau do Pacífico são muito semelhantes à primeira vista, entretanto, apresentam características distintas. O legítimo Bacalhau, quando cozido, desfaz-se em lascas claras e tenras e, além disso, apresenta um sabor sublime e inconfundível. Já o do Pacífico, não se desmancha tão facilmente, é fibroso e apresenta um paladar diferenciado.    

Comente

Assuntos relacionados: nutrição páscoa peixe bacalhau

Últimas