Comer com saúde e prazer, é possível?

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Comer com saúde e prazer é possível

A gastronomia cada vez mais ocupa espaço na sociedade. Comer o que faz bem para saúde e que dê prazer é o que todos procuram, mas será que realmente esta combinação é possível?

De um lado a gastronomia, a arte da culinária, a busca pelo prazer que o alimento pode despertar. Do outro a nutrição, onde o equilíbrio dos nutrientes, a variedade, a quantidade e a qualidade são fundamentais. Diante disso, o desafio é unir gastronomia e nutrição para que assim a alimentação seja uma fonte de prazer e que exerça sua função no corpo de cada um.

O alimento tem papel significativo na história de vida das pessoas, seja na lembrança de momentos felizes ou tristes, ou simplesmente pelo prazer de comer. A alimentação então proporciona sensações importantes ao homem.

Unir os conceitos da ciência da nutrição com a arte de apresentar os alimentos da melhor maneira possível é essencial para despertar o interesse das pessoas em relação às preparações alimentares Atualmente há uma tendência crescente em relacionar qualidade de vida e alimentação. A necessidade de uma alimentação adequada para promoção da saúde e diminuição do risco de adquirir doenças relacionadas é fundamental.

Mas o que fazer para agregar prazer ao valor nutricional do alimento?

  • É muito importante utilizar os sentidos para despertar a vontade de comer. De acordo com as características do alimento, são transmitidos sinais ao cérebro pelo sistema nervoso e a pessoa recebe estímulos. Incentivar esta vontade é o segredo.
  • Aroma, sabor, aparência, consistência, a forma como se apresentam os alimentos é uma das estratégias. Os alimentos não induzem o homem à vontade de alimentar-se apenas por sua composição química. É necessário torná-los atraentes. As características sensoriais influenciam os sentidos.
  • A escolha dos ingredientes é fundamental para que o resultado final forneça nutrientes ao seu corpo, por isso a nutrição se faz presente.
  • Oleaginosas, ervas aromáticas, frutas, são ingredientes maravilhosos para tornar um prato mais atraente. Estes alimentos são fontes de nutrientes, vitaminas, minerais e compostos antioxidantes, que são funcionais ao organismo.
  • A culinária do nosso país é muita rica, temos influência dos índios, negros, africanos, portugueses, enfim uma mistura de raças que resulta em variados pratos que definem a comida brasileira. As receitas que fazem parte da culinária do nosso país são uma das mais ricas e diversificadas do mundo.
  • Criatividade, bom gosto e informação são fatores importantes para criar um prato apetitoso, saudável e despertar estímulos e a vontade de saborear.
  • Unir os conceitos da ciência da nutrição com a arte de apresentar os alimentos da melhor maneira possível é essencial para despertar o interesse das pessoas em relação às preparações alimentares.

    Por isso afirmo para os leitores que é possível sim unir harmoniosamente gastronomia e nutrição.    

    • Facebook
    • Pinterest
    • Twitter
    • Google+

    Comente

    Últimas