Como reduzir o sal no dia a dia

A dica é substituir alguns condimentos sem perder o sabor dos alimentos

Como reduzir o sal no dia a dia

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo de 5 gramas de sal por dia. No Brasil, identificou-se que as pessoas ingerem 9,6 gramas diariamente, quase o dobro do sugerido pela OMS, valor que aumenta ainda mais no inverno.

A quantidade equivale a uma colher de sopa diluída nos condimentos usados no preparo dos alimentos e aqueles que colocamos a mais na comida. Para ficar mais claro, pense que 2 salsichas têm mais da metade da quantidade de sal que pode ser consumida em um único dia.

E todo mundo sabe que ingerir muito sal propicia o aumento da pressão arterial, a famosa pressão alta, e o mau funcionamento das artérias do coração, fatores que podem ocasionar infarto do miocárdio e o AVC.

Então, como reduzir o sal no dia a dia para manter uma alimentação mais saudável? Adicionar mais frutas, verduras e legumes ao cardápio são os primeiros passos. Outras dicas são evitar temperos prontos, carnes e queijos muito salgados, reduzir a ingestão de alimentos industrializados e sempre ler o rótulo para verificar a quantidade de sódio.

Vale lembrar que a hipertensão é uma doença vascular crônica, assintomática, ou seja, não tem sintomas e atinge 32 milhões de brasileiros, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Hoje, as mulheres representam 25,4% da população brasileira.

Abaixo, selecionamos alguns produtos que podem substituir o sal sem perder o sabor dos alimentos.

Alho e cebola

A dupla está lotada de substâncias protetoras das artérias. Mas não vale comprar aqueles potes de tempero que têm sódio na formulação. Prefira os isentos da substância ou esses vegetais in natura.

Limão

Espremer limão na salada é uma forma de acrescentar mais vitamina C no dia a dia. A adstringência do fruto ainda ajuda a espantar a vontade de comer sal.

Ervas

Elas têm em sua composição poderosas substâncias que contribuem para o bom funcionamento de todo o organismo. Coloque alecrim nas carnes, cebolinha no arroz, coentro na salada, manjericão nas massas e não se esqueça da pimenta. Abuse da imaginação!

Natália Farah


Comente

Últimas