Conheça mais sobre o chocolate

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Chocolate

Você sabe as diferenças entre os chocolates?

Não é por acaso que cada chocolate recebe uma denominação - ao leite, branco, meio amargo, cobertura hidrogenada - e agora, outra novidade: o chocolate diet. Mas afinal, você sabe quais as diferenças entre eles?

A variedade de ingredientes dos chocolates garante a textura e o sabor característico de cada um. Como os valores calóricos dos chocolates são semelhantes, você poderá optar pelo que tiver melhor aceitação e consumi-lo, claro, com moderação.

O chocolate diet é uma ótima opção para pessoas diabéticas, pois ele não contém açúcar na composição. Assim, o edulcorante (adoçante) é acrescentado para substituí-lo, mas muitas pessoas reclamam que este ingrediente deixa um sabor residual desagradável. Porém, no lugar do açúcar, é acrescentada mais gordura do que o normal, o que é um inconveniente para quem está ligado em eliminar a gordura da alimentação.

Para esclarecer de vez as suas dúvidas sobre produtos diet e light, clique aqui.

Chocolate

Preparando o Chocolate

Sempre é bom lembrar que o chocolate diet não contém açúcar em sua composição. Porém, contém em sua fórmula, mais gordura do que os chocolates comuns.

Trabalhar com chocolate é gratificante e, ao mesmo tempo, um desafio. Na hora de trabalhá-lo deve-se seguir um esquema. O chocolate diet deve ser trabalhado da mesma maneira que o chocolate comum. Deve ser aquecido até a temperatura de 42º (uma temperatura mais elevada pode afetar a estrutura do chocolate) para derreter e passar pela temperagem para depois se cristalizar. A única diferença sentida durante a temperagem, pois sua consistência é mais elástica.

Formas de derreter o chocolate

Derretedeira

A melhor e mais adequada maneira para essa operação. Por um processo automático, ela se mantém sempre na temperatura desejada, nunca ultrapassando os 42°C. Procedimento: Retirar o chocolate da embalagem colocar na cuba e esperar o derretimento. O chocolate é colocado inteiro na cuba.

Microondas

Seu uso para o derretimento é perigoso pois, por sua agilidade pode aquecer além do necessário, alterando a estrutura do chocolate. Procedimento: Colocar em uma vasilha pedaços de chocolate e ajustar o microondas na potência média. Para cada 500g, 3 minutos. O tempo deve ser testado pois cada microondas possui um desempenho.

Banho-maria

Processo que também pode ser utilizado. Cuidado com o vapor em contato com o chocolate, pode haver uma alteração danificando o produto. Procedimento: Colocar em uma panela 2 dedos de água e aquecer até 60º, testar colocando a mão, temperatura suportável à pele. Desligar o fogo, apoiar uma vasilha com o chocolate picado e tampar, esperar alguns minutos e mexer bem até dissolver tudo.

Temperagem

Etapa fundamental para uma boa cristalização (endurecimento) do chocolate. Depois de derretido derramar sobre uma superfície fria, como uma pedra (mármore ou granito) ou refratário raso e largo e com uma espátula fazer movimentos, para o resfriamento. Quando estiver a 29º, estará pronto para ser empregado. Testar colocando um pouco de chocolate abaixo do lábio, a sensação deve ser fria. O chocolate DIET possui uma textura diferente do comum, mais grossa.

Ovo de Páscoa

Aplicar 3 camadas de chocolate na fôrma. A cada camada retirar o excesso cobrir com papel manteiga e levar à geladeira virado para baixo. Na última camada fazer as bordas.

Ovos Recheados

Aplicar 2 camadas de chocolate, uma de recheio, e vedar com outra camada de chocolate. Fechar bem para que o recheio não escape.

Bombons

Para as casquinhas, 2 camadas de chocolate é o suficiente. Deve-se aplicar o recheio e tampar com o chocolate. As camadas devem ser bem finas. Quando a fôrma apresentar uma aparência embaçada

no verso, retirar e desenformar. Embalar com papel chumbo para vedar bem e conservar a qualidade até a hora do consumo.

Estes procedimentos foram explicados para o Cyber Diet por Carmen Nistal, consultora na área de chocolates. www.chocolatearte.com

Mitos e curiosidades sobre chocolate

Chocolate diet é menos calórico do que o normal?

Se você deseja eliminar ou manter peso, não se iluda achando que poderá esbanjar de chocolate diet. Este produto é destinado especialmente para pessoas diabéticas, pois ele não contém açúcar na composição. Assim, no lugar deste ingrediente, a gordura é adicionada e dependendo do fabricante do chocolate, ele poderá ter valor calórico menor, igual ou maior do que o normal, além do sabor ser diferente do chocolate normal, devido à adição de adoçantes. Portanto, se você está de olho no seu visual, a dica é escolher o chocolate que você mais gosta e consumi-lo moderadamente.

Chocolate meio amargo contém menos açúcar que o ao leite?

Não. Embora muitas pessoas acreditem que o chocolate meio amargo tenha sabor levemente amargo porque é fabricado com menos açúcar do que o chocolate ao leite, isso não é evidente. O chocolate meio amargo possui maior quantidade de massa de cacau e não contém leite, o que lhe garante sabor característico e coloração mais escura, se comparado com o ao leite.

Existe chocolate hidrogenado?

Não. O que existe é a cobertura para derreter sabor chocolate. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é responsável pela legislação brasileira de alguns alimentos, inclusive o chocolate. Ela declara que só podem ser chamados 'chocolates', produtos que contenham manteiga de cacau na sua composição, sem a adição de gorduras e óleos estranhos ao produto. Como na cobertura hidrogenada, a manteiga de cacau é substituída por gorduras vegetais, não existe 'chocolate hidrogenado', mas sim cobertura hidrogenada sabor chocolate.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas