Conhecendo a culinária Brasileira - Região Centro-Oeste

Conhecendo a culinária Brasileira  Região CentroOe

Mojica Pintado

Hoje mostraremos pra você a culinária da região norte, nordeste e centro-oeste, em continuação às nossas matérias sobre a culinária brasileira.

Região Centro-Oeste

Formada pelos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Povoada por diversas culturas, a região centro-oeste tem uma culinária variada, e não deixa de ter pratos típicos em seus estados.

Goiás - Os pratos mais populares são: arroz com pequi, guariroba, leitão assado, empadão goiano, galinhada, tutu com lingüiça, couve, torresmo, quiabo refogado, biscoito de polvilho, manjar branco com calda de ameixa. Não podemos deixar de falar da pimenta-bode e a jurubeba muito apreciada pelos goianos.

Mato Grosso - Uma das receitas mais conhecidas deste local é a mojica, que é feita com o pintado. Os peixes são muito consumidos, podemos citar o pacu, pacupeba, piabucu, piraputanga e dourado. O acompanhamento geralmente é a banana da terra.

Mato Grosso do Sul - A maioria dos pratos são feitos com peixes e carne. Algumas preparações: arroz de carreteiro com charque, moqueca de peixe, pacu assado, caldo de piranha, doces de abóbora, mamão, cajú, licor de pequi, etc.

Distrito Federal - Em Brasília, você encontra de tudo: pato no tucupi, feijoada, churrasco, galinha ao molho pardo, enfim, além da influência estrangeira, há uma mistura da culinária das regiões do Brasil.

Conhecendo a culinária Brasileira  Região CentroOe

Pontos positivos: Podemos destacar Brasília, neste local você encontra comidas típicas de várias regiões. Além disso, nas demais regiões, os peixes de água doce são consumidos com freqüência, além dos legumes.

Ponto negativo: Em alguns estados, a culinária é muito parecida com a cozinha do mineiro, onde é utilizada muita carne de porco nas preparações, tornando a comida hipercalórica. Mas assim como em qualquer outra região do Brasil, o segredo para não deixar de desfrutar de todas as delícias é a moderação.

Comente

Últimas