Dieta glúten-free: mitos e verdades

A dieta sem glúten é indicada somente para quem tem doença celíaca?

Mitos e verdades sobre o glúten

O glúten é polêmico e há tempos vem sendo culpado por várias dietas como o vilão do sobrepeso. Alguns especialistas afirmam que isso não é verdade e que ele é prejudicial apenas para quem tem alergia ao ingrediente. Afinal de contas, o glúten faz mal para meros mortais? Desvendamos os mitos e verdades que rondam essa proteína.

Onde o glúten está?

O glúten é uma proteína vegetal presente em alimentos que fazem parte da dieta da maioria da população como trigo, aveia, centeio, cevada e malte. É ele quem dá consistência em pães e derivados.

O que é doença celíaca?

É a intolerância ao glúten, uma doença autoimune. O corpo entende que a proteína é uma inimiga e começa a combater o alimento, impedindo a absorção dos nutrientes e provocando uma inflamação no intestino delgado. Quando uma pessoa celíaca come ou bebe qualquer alimento que contenha a proteína, tem reações como diarreia crônica (de mais de 30 dias), vômitos, aftas, distensão abdominal, falta de apetite e, em casos graves, desenvolve osteoporose e anemia.

A dieta sem glúten é indicada somente para quem tem doença celíaca?

Sim, para a sobrevivência da pessoa. A ausência de glúten na dieta ajuda a manter a saúde e faz com que os celíacos absorvam os nutrientes necessários para o desenvolvimento do corpo. De maneira geral, os alimentos com glúten são substituídos por opções que são fabricadas sem a proteína. O mesmo vale para as bebidas. Claro, tudo dentro do acompanhamento médico.

O glúten faz mal para saúde de quem não é celíaco?

Existem diferentes estudos que associam o glúten à obesidade, esclerose, doenças respiratórias, dermatologias, dentre outras patologias. Mas, ainda não há nada que prove o mal que o glúten faz ao corpo - a menos que a pessoa tenha intolerância. Como a proteína causa o inchaço no estômago, a ausência em sua dieta pode ser um passo para o emagrecimento.

Mas, e ai, tirar o glúten emagrece?

O glúten está associado a alimentos que contêm vitamina B, carboidratos e açúcar. Na realidade, diminuir a ingestão de alimentos com o tipo dessa proteína faz com que aconteça a eliminação de peso, mas não por ser o glúten em si, mas pela redução no consumo de forma geral.

Pode tirar o glúten da dieta, sem consultar um médico?

Não. Alguns alimentos não podem ser retirados de algumas dietas. Cada pessoa pode ter carência de algum nutriente que pode conter no alimento com glúten. O ideal é, primeiro, buscar por nutricionistas que vão direcionar a melhor dieta para o seu cardápio.

Por quanto tempo posso seguir a dieta sem glúten sem prejudicar a minha saúde?

Depende do objetivo da dieta. Caso a pessoa não possua intolerância ao glúten, os especialistas recomendam que fique no máximo 30 dias sem a ingestão da proteína - tempo que trará resultados na balança e não vai provocar nenhum mal à saúde. Caso o indivíduo seja celíaco, a dieta deverá ser permanente.

Além dos celíacos, mais alguém tem restrição ao glúten?

Sim. Os especialistas afirmam que além da doença celíaca, o glúten está restrito às pessoas que têm dermatite herpetiforme, sensibilidade ao glúten, alergia ao glúten, e em alguns casos de síndrome do cólon irritável. As pessoas saudáveis devem ter um balanceamento da proteína, mas não extingui-la do cardápio.

Por Caroline Sarmento


Comente

Assuntos relacionados: dieta glúten

Últimas