Dietas Hipocalóricas

Menos quantidade com mais qualidade

Dieta de emagrecimento

Para emagrecer é preciso restringir o consumo de calorias, ou seja, estabelecer uma dieta hipocalórica, consumir menos quantidade do que você geralmente consome, tendo o devido cuidado para que não seja nada excessivo. E ainda para que esse emagrecimento seja saudável, é preciso ficar atento com a qualidade do cardápio.

Apesar da diminuição da quantidade prevista nas dietas hipocalóricas, carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas e minerais devem ser consumidos na quantidade adequada, para que assim tenha um consumo equilibrado, balanceado, garantindo uma perda de peso saudável.

Para queimar a gordura corporal, além de reduzir o consumo é necessário gastar mais. Assim o organismo utilizará a gordura excedente como energia, porém, não adianta reduzir o carboidrato, pois temos uma reserva em nosso músculo desse nutriente, e aí o que será utilizado será essa reserva, fazendo com que ocorra diminuição da quantidade de músculo e não de gordura corporal.

Por este motivo é importante fazer uma dieta hipocalórica bem balanceada e praticar exercícios, assim você trocará a gordura por músculo, não perderá massa muscular.

A quantidade de calorias total de todas as refeições, de um dia não poderá ser menor do que 800 Kcal. Cada indivíduo tem uma necessidade calórica, que varia de acordo com a idade, altura, peso e atividade física, por isso é recomendado que seja feito o acompanhamento da dieta por um nutricionista, para que a redução de calorias seja adequada. 

Veja a seguir 8 dicas que podem ser seguidas e que ajudarão na eliminação de peso:

1. Façaa pelo menos cinco refeições por dia (café da manhã, lanche, almoço, lanche e jantar). Evite dar um intervalo maior de três horas entre elas.

2. De forma geral diminua a quantidade do que você come atualmente, não é preciso cortar nada, mas consuma com mais frequência o que for mais saudável e alguns alimentos muito calóricos como: frituras, alimentos gordurosos, doces, refrigerantes, bebidas alcoólicas, para consumir eventualmente.

3. Pratique exercícios físicos regularmente. E também movimente-se no seu dia a dia com suas atividades, como por exemplo ir na padaria a pé, subir e descer escadas, levar o cachorro para passear, etc.

4. Procure comprar alimentos o mais naturais possíveis, evite os industrializados. Quanto mais processado, mais aditivos químicos e menos nutrientes.

5. Substitua o leite e seus derivados integrais pelos desnatados; queijos amarelos (mussarela, prato, cheedar, gorgonzola) pelos brancos (ricota, cottage, de minas).

6. Comece sua refeição comendo uma boa salada, com verduras e legumes, isso te dará mais saciedade.

7. Carnes e outras preparações sempre prefira assada, grelhada ou cozida.

8. Beba bastante água durante o dia. Nas refeições prefira suco de frutas ou a própria fruta de sobremesa.

Para você ter sucesso, além de se reeducar e praticar exercícios é preciso ter força de vontade, persistência e determinação. Dieta hipocalórica não é um sacrifício, é apenas uma mudança e o organismo se adapta, pode ter certeza, é só ter paciência.

Comente

Últimas