Dietas malucas podem desencadear compulsão alimentar

Veja como evitar esse problema, principalmente no final do ano

Dietas malucas podem desencadear compulsão aliment

Em fim de ano o cenário é sempre o mesmo: parques e academias passam a ficar lotados, e as dietas malucas começam a aparecer mais na mídia, como alternativa para quem quer perder peso rapidinho. No entanto, em longo prazo, essas dietas podem acarretar em compulsão alimentar.

"Algumas pessoas começam eliminar alguns alimentos do seu cardápio por contra própria por acreditar que esses nutrientes são os culpados pelo aumento do peso. O problema é que a maioria desses alimentos que elas deixam de comer é indispensável para manter a saúde", explica o nutrólogo André Veinert, da Clínica Healthme Gerenciamento de Perda de Peso.

O nutrólogo comenta que quando a pessoa adota uma dieta restritiva o organismo leva um tempo para entender que você reduziu a quantidade de comida. "Depois de um tempo o organismo sente falta desses alimentos que são indispensáveis para manter a energia. O desejo por comer carboidratos refinados como massas, pães, doces, alimentos crocantes começa surgir e depois que você comer um pedaço surge a compulsão pelo alimento e a pessoa passa a consumir esses alimentos em grandes quantidades", diz.

Além disso, essas dietas restritivas também causam ansiedade e estresse, o que pode favorecer o indivíduo a desenvolver uma compulsão alimentar. "No início, a pessoa pode sentir um alívio, sensação de prazer e depois sentir culpa por ter comido demais", revela o especialista.

"Comer em excesso é um distúrbio que atinge de 2% a 4% da população mundial, segundo a Associação Americana de Psiquiatria. Os compulsivos levam um tempo para sentir-se satisfeito e acabam comendo demais sem intervalos entre as refeições", descreve o nutrólogo.

Veja algumas dicas para evitar a compulsão alimentar:

-Evite ficar por longos períodos em jejum;

- Consuma alimentos como banana, oleaginosas e leite (que são ricos em triptofano), aveia, arroz, integral, vegetais, ovos;

- Não pule os horários das refeições;

- Pratique atividades físicas regularmente.

Por Helena Dias


Comente

Assuntos relacionados: dieta compulsão alimentar

Últimas