Diferentes tipos de arroz

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Varie o arroz e deixe seu prato mais nutritivo

Diferentes tipos de arroz

Presente em todas as casas dos brasileiros, o arroz é uma planta da família das gramíneas, ótima fonte de carboidrato e é um dos cereais mais cultivados do mundo.

Diferencia-se o arroz em função dos tratamentos a que é submetido após a colheita e há uma enorme gama de nomes. Se você se depara com uma grande variedade de arroz nas gôndolas dos supermercados e se perde por não saber a diferença entre cada um deles, vamos te dar uma mãozinha.

Arroz branco (Polido)

O arroz do dia a dia não é o mais nutritivo, pois tem sua casca retirada durante o processo de fabricação, porém é rico em carboidrato. Tem seus pontos positivos de ser o mais barato, fácil acesso e de preparo mais rápido.

Integral

Este tipo de arroz mantém a camada externa, o farelo, pois não é polido ou refinado. Por esta razão ele tem uma aparência mais escura e uma consistência mais firme.

Seu consumo tem aumentado devido as suas qualidades nutricionias, possui mais quantidade de manganês, selênio e vitamina do complexo B do que o arroz comum, além de ter um alto teor de fibras, que ajuda na digestão e no bom funcionamento do intestino. Na hora do preparo, requer mais água que o arroz comum.

Parboilizado

É o arroz processado por um método que consiste em tratar os grãos em água fervente, o que faz com que os nutrientes da casca passem para a parte interna do grão. Não há nenhum aditivo químico neste processo. Se difere do arroz comum pelo seu valor nutritivo (vitaminas do complexo B), mudança de coloração e sabor. Seu consumo também vem aumentando e deve ser preparado da mesma forma que o arroz branco.

Arbóreo

Utilizado para preparações de risoto, cujo nome significa arroz pequeno, este tipo de arroz é cultivado na Itália. Como tem uma casca grossa e um grão mais resistente, este arroz resiste ao cozimento prolongado e ao movimento constante da colher sem que vire uma papa. Ele concentra bastante amido, o que confere aquela consistência cremosa.

Negro

Originário da China, onde é plantado há mais de 4000 anos, era conhecido como "arroz proibido" por ser um alimento exclusivo do imperador chinês. Tem um sabor rústico e seu preparo deve ser al dente. Ele tem um elevado teor de ferro e antioxidantes, que combatem os radicais livres.

Selvagem

Não é exatamente um arroz, é um tipo diferente de gramíneas mas é um cereal riquíssimo em fibras. Não é muito encontrado no Brasil, apenas em lojas especializadas de produtos naturais. Com grão longo e escuro, pode ser preparado sozinho ou misturado a outros tipos de arroz, da mesma forma que o arroz comum, apesar de exigir mais água no preparo.

Arroz Japonês

Utilizado na culinária japonesa, tem característica seus grãos unidos, devido a grande quantidade de amido. Seus grãos são curtos, curvados e um pouco transparentes.

Vermelho

No Brasil, o arroz vermelho é cultivado no estado do Maranhão e na Paraíba, onde é muito usado na culinária. O modo de preparo é o mesmo que o arroz branco, porém apresenta muito mais ferro, zinco e fibras.

Jasmine e Basmati

Conhecidos como arroz aromático, possuem grãos longos e podem ser utilizados em ocasiões especiais para variar o cardápio. Possuem os mesmo valores nutricionais que o arroz polido e não há segredos no modo de preparo, apenas cozinhar com água e sal.

Por:

Gabriela Cuesta

Nutricionista - CRN-3 35.584

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas