Emagreça com a pimenta e previna doenças

Conheça os benefícios deste tempero termogênico que te ajuda a emagrecer e queimar calorias!

 

Emagreça com a pimenta e previna doenças

Foto: iStock / Gubcio

Você tem o costume de colocar uma pimentinha no prato? Se a resposta for sim, saiba que o hábito de consumir o tempero só traz benefícios à saúde. Ao consumir este tempero, você pode se beneficiar de suas propriedades favoráveis. Dentre os benefícios listados, a pimenta auxilia na saúde cardíaca, evita inflamações, é antibiótico natural, faz bem para a digestão e ajuda a emagrecer - isso mesmo!

No entanto, para ter um aproveitamento integral dos benefícios da pimenta, é importante consumi-la com moderação, do contrário, o efeito não será benéfico. Portanto, evite comer pratos muito apimentados todos os dias, o excesso desse efeito picante pode irritar as mucosas do estômago e intestinos, além de deixar seu paladar insensível.

Se você está na luta contra os quilinhos extras, inclua a pimenta em sua rotina alimentar. Ela ajuda no emagrecimento por ser um alimento termogênico, ou seja, acelera o metabolismo o que ajuda na queima e gasto calórico por necessitar de mais energia para digerir. Alimentos

termogênicos chegam a ser responsáveis por 10% de nosso gasto calórico!

Como consumir

Há uma grande variedade de tipos de pimenta, mas, no geral, todas elas possuem o efeito termogênico que auxilia na perda de peso, mudando apenas o sabor de cada uma delas. As pimentas dedo-de-moça, malagueta, biquinho e pimenta-de-cheiro são as mais comuns no

Brasil. Outras variedades como caiena e japalenõ também fazem muito bem à saúde. 

Os molhos de pimenta são os mais comuns, mas, muitos deles contém uma grande quantidade de sódio ou até açúcar em sua composição. Portanto, fique atenta nos rótulos e escolha um molho relativamente saudável para consumir.

Outra forma ideal de consumir a pimenta é cultivar vasinhos em casa. Colhido na hora é muito mais saudável. Há também pimentas desidratadas e em pó, como a calabresa. Essas pimentas também possuem as mesmas propriedades para a saúde.

Todos esses tipos de pimenta podem ser consumidas no cozimento, durante o refogado ou então diretamente no prato, para dar mais sabor aos alimentos das principais refeições!

Contra-indicação

Como falamos acima, o uso deve ser sempre moderado. No entanto, existem grupos de pessoas que devem evitar o tempero. Pessoas com problemas gastrointestinais, como gastrite, úlcera, hemorróidas, fissuras ou lesões devem evitá-la, uma vez que a capsaicina funciona como um agente agressor das mucosas. Apesar de a pimenta não causar esses problemas, ela pode agravá-los.

Por Livia Duarte


Comente

Últimas