Esteatose Hepática: você sabe o que é?

Esteatose Hepática você sabe o que é

Esteatose hepática é o termo utilizado para definir o acúmulo de gordura no fígado, o conhecido "fígado gorduroso". Ela é dividida em dois tipos: a esteatose hepática alcoólica, causada pelo excessivo consumo de álcool, e a esteatose hepática não-alcoólica.

Nesta matéria vamos tratar da esteatose hepática não-alcoólica.

Nosso fígado contém normalmente uma quantidade de gordura, mas quando presente em mais de 5% dos hepatócitos (células fígado), é caracterizada a doença.

O número dos diagnósticos de esteatose hepática tem aumentado bastante devido a grande evolução dos métodos de imagem e também ao aumento da prevalência de obesidade.

Hoje em dia sabe-se que na maioria dos casos, o acúmulo de gordura no fígado está relacionado a um distúrbio metabólico chamado resistência à insulina, comum em obesos, diabéticos e portadores de síndrome metabólica.

Geralmente a pessoa com esteatose não apresenta sintoma algum e descobrem por acaso, ao investigarem desconfortos gastro-intestinais.

O principal tratamento para o problema é controle de peso e/ou prática de atividade física regular e dieta alimentar, onde o consumo de alimentos ricos em gordura deve ser evitado, principalmente gordura saturada e trans.

O mais indicado quando se descobre a presença de gordura no fígado é consultar uma nutricionista de forma presencial, ela poderá elaborar um plano alimentar individualizado, de acordo com as suas necessidades.

Mas de maneira geral, podemos pontuar alguns hábitos alimentares que são importantes para diminuir a gordura no fígado:

  • Substitua o leite integral e queijos amarelos por leite desnatado e queijos magros, como: cottage, ricota.
  • Evite consumir doces muito elaborados e gordurosos, como: sonho, bolos com cobertura.
  • Não consuma carnes gordas como picanha, costela. Prefira os cortes magros (filé mignon, alcatra) e as carnes brancas como frango e peixe e consuma-os grelhados, cozidos ou assados. E sempre retire a pele do frango.
  • Consuma diariamente frutas, verduras e legumes. Por serem excelente fonte de fibras, esses alimentos podem diminuir a absorção de gorduras.
  • Dê preferência a pães, massas e cereais integrais.
  • Comente

    Últimas