Leguminosas: você sabe o que são?

Leguminosas você sabe o que são

Embora muitas pessoas acreditem que leguminosas são legumes, isto não é correto, na realidade, leguminosas são: feijões (preto, mulatinho, manteiga, carioca), grão-de-bico, ervilha, soja, lentilha, fava e tremoço.

Para simplificar, todos os grãos produzidos em vagens são conhecidos como leguminosas. Se você aprecia estes alimentos, saiba que a tradicional combinação 'feijão com arroz' do dia-a-dia é mais nutritiva e balanceada do que se imagina.

As leguminosas são mesmo nutritivas?

As leguminosas são importantes por conterem carboidratos, que garantem energia para o funcionamento do corpo e do sistema nervoso e, também, proteínas, que são 'construtoras de tecidos' no organismo. Mas, as vantagens das leguminosas não acabam por aqui, seu alto teor de ferro, vitaminas tipo B e fibras - que fazem o seu intestino funcionar bem - tornam este alimento muito nutritivo.

Que o feijão é um alimento fonte de ferro é verdade, porém, cabe uma consideração: por ser de origem vegetal, ele é pouco aproveitado pelo organismo. Procure, portanto, sempre consumi-lo com alimentos fontes de vitamina C, como suco de frutas cítricas (laranja, limão, acerola, goiaba), pois esta vitamina dá 'um empurrãozinho' para o ferro ser absorvido no intestino.

O valor calórico deste alimento não é alto, considerando suas ótimas propriedades nutricionais.Confira a tabela de calorias:

Leguminosas você sabe o que são

Mas, tenha cuidado ao preparar grão de bico, lentilhas, ervilhas ou feijão, pois eles são geralmente consumidos com ingredientes muito gordurosos como bacon e lingüiça (paio), que aumentam muito o valor energético da receita, além de fornecer gorduras saturadas e colesterol, grandes inimigas da sua saúde. Prefira, assim, prepará-los com cebola, alho, sal e temperos de sua preferência.

Um pouco de história

As leguminosas realmente fizeram e fazem parte da história das civilizações. O feijão, juntamente com o milho, foi a base da alimentação primitiva dos povos incas, astecas e maias. Segundo conta a lenda, a lentilha é a mais antiga leguminosa consumida pelos povos do Mediterrâneo, que apreciavam a combinação deste alimento com trigo e cevada. Finalmente, na Ásia, conhecida por 'sustentar' o corpo, a soja é consumida com arroz há centenas de anos.

Arroz com Feijão: uma dupla perfeita

Não é por acaso que as leguminosas e os cereais (arroz, milho, cevada, trigo) se combinam em diversas refeições do mundo, mas sim porque, se consumidas em uma mesma refeição o organismo é capaz de aproveitar parte das proteínas (aminoácidos) destes dois alimentos. Como os aminoácidos das leguminosas são diferentes dos presentes nos cereais, juntos eles constituem uma proteína completa, daí a importância nutricional desta combinação tipicamente brasileira: 'arroz com feijão'.

As pesquisas revelam que a população brasileira está deixando de lado o hábito de consumir leguminosas e cereais, nos últimos anos. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o consumo médio diário destes alimentos por pessoa, passou de 120g (em 1987) para 107g (em 1996).

A produção de feijão no Brasil vem crescendo bastante, mas os brasileiros estão deixando de encher o prato com este alimento em troca de sanduíches, pizzas, salgadinhos e outros alimentos comercializados nas redes de fast food, que são geralmente pobres em fibras e nutrientes.

Prove e aprove - receitas com leguminosas

Comente

Últimas