Mastigação e Nutrição

Mastigação e Nutrição

Durante muito tempo tem se estudado sobre a influência da mastigação sobre a nutrição. A principal questão na relação entre ambas consiste no fato de que, se os alimentos não são mastigados adequadamente e ingeridos sem a trituração necessária pode acarretar em vários problemas ao organismo, podendo ter também uma baixa ingestão de nutrientes essenciais  

Problemas devido a má mastigação ocorrem com alguns idosos que têm sua dentição comprometida com o tempo e com pessoas que sofreram algum acidente maxilar. Entretanto, este costume ocorre em maior freqüência com os indivíduos preguiçosos e apressados dos tempos atuais. É importante saber como deve ser a mastigação e como se processa a deglutição dos alimentos.

A mastigação ocorre por movimentos mecânicos com a combinação do maxilar inferior com o superior, triturando os alimentos. O alimento sólido é misturado com a saliva, que contém uma enzima, a ptialina, que facilita a maceração do alimento possibilitando que o indivíduo possa deglutir com maior facilidade sem que se engasgue.

Quando o alimento atinge a garganta é iniciada uma fase involuntária em que o alimento é deglutido em direção ao esôfago até o estômago, que seguirá por um trajeto até o intestino. Movimentos do esôfago, chamados de movimentos peristálticos, levam o alimento do esôfago para o estômago, assim como ocorre no intestino.

Uma pesquisa feita nos EUA mostrou que perda dos dentes ou patologias bucais influenciam na eficiência e na função da mastigação. Neste estudo foi constatado que a ingestão de nutrientes dependia da quantidade de dentes ou integridade bucal que os indivíduos apresentavam e como faziam.

Concluímos que a ausência de dentes acarreta ao indivíduo uma baixa ingestão de nutrientes essenciais. A grande maioria das pessoas com idade superior a 60 anos têm dificuldade ou não conseguem mastigar todos os tipos de comidas e que as más condições bucais estão associadas com a deficiência nutricional em pessoas que não se alimentam adequadamente.    

Comente

Assuntos relacionados: alimentação nutrição mastigação

Últimas