O desafio de comer bem no escritório

O desafio de comer bem no escritório

Na correria da vida moderna, ter uma alimentação equilibrada já é um desafio, conseguir emagrecer então, nem se fala! O cotidiano da maioria das pessoas, principalmente daquelas que vivem em grandes cidades, dificulta dormir o suficiente, praticar exercício físico regularmente e ter um hábito alimentar saudável.

Devido à falta de tempo, essas atividades acabam ficando em segundo plano. O estilo de vida mudou bastante nas últimas décadas. Os avanços tecnológicos tais como, elevador, controle remoto, vidro elétrico, computador; apesar de terem trazido benefícios, são exemplos das facilidades que tiveram como conseqüência negativa para a saúde, a redução diária no gasto de energia favorecendo o aumento da obesidade. No ambiente de trabalho, especialmente no escritório onde os funcionários passam a maior parte do tempo sentados em frente ao computador, é que essa realidade torna-se mais evidente.

Sendo assim, é freqüente encontrar pessoas que não têm horário fixo para se alimentar, substituindo as refeições principais (almoço e jantar) por lanches ricos em gorduras e calóricos ou consumindo, durante o dia, guloseimas como biscoitos, salgadinhos, refrigerantes, petiscos. Para educar a alimentação, é preciso, primeiramente, dedicar uma parte do tempo, pelo menos 20 minutos, às refeições principais (café-da-manhã, almoço e jantar). Comer em frente à tela do computador é um erro comum que deve ser evitado. Isso porque, ao se alimentar e, ao mesmo tempo, tentar se concentrar em outras atividades, a percepção da quantidade de alimentos ingerida fica comprometida, aumentado a chance de um descontrole o que fará com que coma além do necessário. Pare um momento, deixando o computador e as preocupações de lado e tente comer devagar, saboreando os alimentos.

Quanto aos lanches da manhã e da tarde, se não houver possibilidade de adquirir alimentos mais saudáveis no serviço, tente levá-los de casa, tomando os devidos cuidados com o transporte e armazenamento, principalmente quando se tratar de alimentos refrigerados (iogurtes, sanduíches com embutidos, queijos, maionese).

Nesse caso, procure levá-los em bolsa térmica ou isopor pequeno caso não tenha geladeira disponível no local de trabalho. O importante é não passar muito tempo sem se alimentar para evitar descontroles na refeição seguinte. Evite, também, render-se às guloseimas oferecidas pelo colega de serviço ou disponíveis nas máquinas "self-machines". Veja e compare o valor calórico dos seguintes produtos:

O desafio de comer bem no escritório

Com relação às refeições principais, não deixe de fazê-las diariamente, de forma adequada, já que a prática desse hábito saudável é importante para o sucesso de um plano alimentar com o objetivo de perda de peso. Procure encontrar uma alternativa que se encaixe na rotina diária desde que atenda às recomendações nutricionais. Se você tem o hábito de freqüentar restaurantes por quilo mas não quer demorar no local, verifique a possibilidade de fazer o prato rapidamente e levá-lo para viagem. Assim, você ganhará tempo e ainda se alimentará com qualidade.

Entre as diversas opções, fique com os cereais (arroz), as leguminosas (feijão, lentilha, grão de bico), as carnes menos gordurosas e grelhadas, os legumes cozidos ou no vapor e a salada farta e colorida, sem abusar dos molhos à base de maionese e do óleo ou azeite para temperar. Esporadicamente, você poderá fazer refeições rápidas (sanduíches, produtos industrializados) em substituição às tradicionais. Os alimentos recomendados para esse tipo de alimentação são iogurtes, achocolatados, chás, sucos naturais, vitaminas, frutas secas, barra de cereais, pães, seleta de legumes, mini cenoura, queijo, peito de peru, lanches naturais (sem maionese) e frutas. Note que a maioria dos alimentos citados são característicos do café-da-manhã ou dos lanches sendo mais indicados para compor essas refeições devendo, raramente, constituir uma refeição principal (almoço ou jantar).

Ao optar pelo serviço "delivery", dificilmente encontrará pratos pouco calóricos. Comida chinesa, pão de queijo, lanches com hambúrguer, salsicha e maionese apresentam alta quantidade de gordura e, conseqüentemente, de calorias. Assim, para quem está pretendendo perder peso, é recomendado que evite esses alimentos. Para ter uma alimentação saudável e melhor qualidade de vida, é preciso ter disciplina. Dessa maneira, estipule horários para as refeições, evite alimentos gordurosos e calóricos (salgadinho, chocolate, sanduíche, molho à base de maionese, fast food), não pule refeições, coma fruta, barrinha de cereais, chá ou suco entre as refeições principais e tenha uma alimentação variada e equilibrada.

Comente

Últimas