Mitos e verdades sobre o que comer à noite

Você tem dúvidas sobre o que comer à noite

Posso comer carboidrato depois das 18 horas? Por que sinto uma vontade incontrolável de comer doces no período da noite? Ficar sem jantar vai me ajudar a eliminar peso? Estas e outras perguntadas são feitas freqüentemente a nós nutricionistas, por isso, vamos esclarecer tudo sobre a alimentação no período da noite.

1- Ficar sem jantar vai me ajudar a eliminar peso?

O jantar é uma refeição indispensável, é um erro deixar de realizar esta refeição, pensando em eliminar peso. É importante comer de forma balanceada nas refeições principais, que são: café da manhã, almoço e jantar.

Para que o jantar esteja equilibrado é necessário ter um alimento de cada grupo alimentar, ou seja, deve conter no seu prato: cereais, leguminosas, carne, verduras, legumes e frutas. Sempre na quantidade certa, aliás esse é o segredo para manter o peso saudável. 

Não deixe de acrescentar ao seu prato, alimentos ricos em fibras, que possuem alto índice glicêmico e dão uma sensação de saciedade maior, evitando a fome alguns minutos depois do jantar.

2- Posso comer carboidratos após as 18 horas?

O carboidrato é um nutriente essencial que deve estar presente em todas as refeições. De acordo com a recomendação, de 50 a 60% das calorias diárias consumidas devem ser provenientes de carboidratos.

Muitos comentam que depois das 18 horas, não se pode comer carboidratos. Isso é um mito. Não há nenhuma comprovação de que isso seja benéfico ao organismo. Deve-se sim consumir alimentos que possuem carboidratos, desde que seja em quantidade adequada.

3- Tenho muita vontade de comer à noite. Como posso controlar isso?

Algumas pessoas reclamam que não conseguem fazer dietas, por sentir muita fome à noite. Controlam a alimentação o dia todo, mas quando chegam em casa à noite, colocam tudo a perder. O descontrole envolve sempre alimentos mais calóricos. Por que isso acontece?

Pode ser por diversos motivos, talvez seja porque você não realizou todas as refeições durante o dia e sentiu mais fome. Por exemplo, o fato de não ter realizado o café da manhã, que é uma refeição importante, pode fazer com que você mesmo inconscientemente, recompense durante a noite.

O importante é tentar identificar o motivo e mudar a situação aos poucos. Realize todas as refeições diárias (de 5 a 6) e procure distrair-se quando surgir àquela vontade de comer um docinho. Vá ler um livro, escutar uma música, brincar com as crianças, passear com o cachorro, enfim, vale de tudo para evitar comer em excesso.

Agora, se esta vontade de comer se tornar incontrolável e o consumo alimentar for voraz, com grande quantidade de alimentos, isso pode ser um indicativo de uma doença chamada compulsão alimentar. Na dúvida, consulte um psicólogo ou um médico psiquiatra, além de um nutricionista que poderá orienta-lo adequadamente.

Dicas Gerais

Se você vai sair à noite, não deixe de realizar o jantar. Se você for para uma festa, onde sabe que irá comer, antes de sair de casa coma uma salada, fruta, algo que alimente para que você não chegue à festa com fome e não corra o risco de exagerar nas porções.

Procure jantar até ás 21 horas, para que haja algum tempo para a digestão antes de dormir. Para colaborar com a digestão, opte por alimentos mais leves, evite os gordurosos, frituras e molhos.

Dormir com o estômago cheio pode provocar desconfortos e prejuízo ao seu sono porque o metabolismo torna-se mais lento durante à noite. Por isso não exagere na quantidade e evite alimentos gordurosos. Lembre-se que a digestão lenta poderá causar um sono agitado.

Comente

Últimas