Refresque o seu Paladar com um Sorvete

Refresque o seu Paladar com um Sorvete

Os adoradores de sorvete não abrem mão deste alimento, até mesmo no auge do inverno. Mas com a aproximação dos meses de final de ano, o calor se aproxima e o consumo de sorvete aumenta assustadoramente.

As redes de Fast Food e as indústrias de sorvete aumentam a produção e algumas sorveterias abrem na Primavera e no Verão para atender todos os consumidores. Se você é um guloso por sorvete assumido, mas não quer que os reflexos cheguem até a balança, não deixe de conferir nesta matéria todos os benefícios deste nutritivo alimento e as opções mais leves e saudáveis, para adoçar e refrescar o seu organismo.

Tudo começou com "sorvetes de neve"...

Pasmem os curiosos, mas há diversos relatos de que o sorvete tenha sido criado pelos chineses - e não pelos ocidentais - há mais de mil anos e era bem diferente do sorvete que consumimos hoje, pois era parecido com a "raspadinha". Como as geladeiras ainda não existiam naquela época, o gelo era trazido das montanhas nevadas, ao qual eram adicionados mel, frutas frescas e néctar.

Foi Marco Polo, um explorador veneziano, que levou o sorvete para a Itália, onde o alimento foi aprimorado e, depois, expandido para outros países. Contam também, que um italiano chamado Bernardo Buontalenti, no século XVI, inventou o sorvete à base de leite, tornado o produto mais macio e nutritivo.

E para completar a trajetória da criação do sorvete, no século seguinte, a primeira máquina de fazer sorvete foi construída e o alimento ganhou, definitivamente, o seu espaço na indústria. No Brasil, o sorvete foi trazido pelos portugueses no final do século XVIII, sendo os baianos os primeiros contemplados a degustarem o alimento.

O poder nutritivo (e calórico) do sorvete

Adorado, mas criticado por muitos, devido ao alto teor calórico desta sobremesa, o sorvete tem os seus atributos nutricionais. Embora o sorvete seja geralmente fabricado com ingredientes gordurosos (nata de leite, gordura vegetal hidrogenada, manteiga, chocolate, cacau, doce de leite) e açúcares (açúcar refinado, caramelo, doce de frutas), antes de incrimina-lo, é necessário lembrar do alto valor nutritivo deste alimento.

Baseado em leite, o sorvete de massa, por exemplo, contém proteínas em sua composição, o que garante também o aporte de vitaminas lipossolúveis (A, D, E, K) e hidrossolúveis (vitaminas do complexo B), além de minerais, como o cálcio, que é essencial durante a fase de crescimento de crianças e para a manutenção da saúde óssea de adultos e de idosos.

É evidente que, isso não deve servir de pretexto, para que você consuma sorvetes com muita freqüência na sua alimentação. É importante considerar que, além das proteínas e dos carboidratos presentes neste alimento, o teor de gordura é geralmente alto, o que torna o sorvete rico em calorias e de gorduras saturadas e colesterol, que devem ser evitados, já que, em excesso, estas substâncias podem prejudicar a sua saúde e provocar doenças cardiovasculares. Os sorvetes light são boas opções, pois são reduzidos em gorduras e açúcares, mas são muito refrescantes e saborosos.

Tabela de Calorias dos Sorvetes

Refresque o seu Paladar com um Sorvete

Receitas geladinhas

As frutas tornam o sorvete mais leve e saudável que, por isso, aproveite também para preparar algumas receitinhas de picolé e outras sobremesas leves com sorvete, que foram selecionadas pelo Cyber Diet:


Picolé Diet de MaracujáSorvete Light de MangaDueto de Mamão e Melão com Creme de Framboesa

Comente

Assuntos relacionados: nutrição verão sorvete calor

Últimas