Sorvete é a tentação do verão!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Sorvete é a tentação do verão

No calor do verão, nada melhor que um sorvete geladinho para refrescar e dar sabor à vida, né? Seja picolé, sorvete de massa, na casquinha, copinho, cestinha, de vários sabores e formas, todos concordam com uma coisa: sorvete é delicioso.

Mas você sabe qual é a origem do sorvete?

Existem várias teorias sobre o surgimento do sorvete, uma delas é que foi originado nas montanhas da China, há mais de mil anos. O italiano Marco Pólo trouxe para Veneza as receitas que aprendeu no extremo oriente, depois disso o sorvete alastrou-se pela Europa.

Chegou ao Brasil por volta de 1834, através um navio norte-americano carregado com toneladas de gelo, onde dois comerciantes do Rio de Janeiro compraram e iniciaram a fabricação. Foi uma ótima idéia!

Em um país como o nosso, tropical, com muitas frutas típicas, foi o que bastou para esta delícia ser sucesso em todos os lugares.

O sorvete é feito a partir da mistura de água ou leite, açúcar, gordura, suco de fruta ou aroma de fruta, emulsificante, espessante, entre outros aditivos. Pode ser feito de várias maneiras, tudo depende do tipo de fabricação. É possível acrescentar diversos ingredientes e obter maravilhosos sabores.

Benefícios

O sorvete é um alimento nutritivo, fonte de proteína, carboidrato e lipídeo. Em sua composição podemos encontrar também o mineral cálcio, devido a presença do leite. O cálcio é importante na formação e manutenção de ossos e dentes e apresenta demais funções em nosso organismo. Também podemos citar a presença de vitaminas lipossolúveis A, D, E e K e algumas do complexo B.

Gordura Trans

Como tudo tem o lado bom e o lado ruim, com o sorvete não poderia ser diferente. Apesar dos benefícios que citamos, o sorvete é rico em gordura, é ela que dá ao sorvete a textura macia.

Dependendo do tipo de fabricação, encontramos a gordura trans (gordura obtida através do processo de hidrogenação). Esta gordura em excesso é prejudicial à saúde, pois além de diminuir o colesterol bom (HDL), aumenta o colesterol ruim (LDL), que colabora com o aumento de doenças cardiovasculares. Por isso, fique atento com a quantidade de gordura trans presente nos sorvetes.

Opções disponíveis no mercado

Hoje encontramos a nossa disposição várias opções de sorvetes, de diversos sabores, cabe a nós fazer a melhor escolha.

Temos a versão diet, destinada aos diabéticos, que é isenta de açúcar. O que muitas pessoas não sabem é que a quantidade de gordura pode ser ainda maior que na versão normal, por isso aqueles que desejam apenas emagrecer leiam a informação nutricional da embalagem com atenção.

A versão light é uma boa opção para quem deseja eliminar uns quilinhos, pois tem menos calorias, apesar de ser um pouco mais cara.

Para aqueles que desejam emagrecer e que não conseguem deixar de comer um docinho, o sorvete pode ser uma ótima opção, basta fazer a escolha certa. Prefira o picolé de fruta, que é rico em água, além de ter menos calorias. Um picolé de fruta tem em torno de 60kcal.

Evite os de chocolate, creme, doce de leite e aqueles que têm oleaginosas (castanhas, avelãs, nozes, amendoim, amêndoas). Um picolé ou mesmo uma porção de sorvete de massa crocante pode ter até 250 kcal.

Muito cuidado com as tentações que encontramos nas sorveterias, me refiro às coberturas, caldas, granulados, farofa doce, confeitos, marshmallow, enfim, milhares de guloseimas que tornam o seu sorvete muito calórico.

Neste verão saboreie esta delícia, mas se deseja manter o corpo em forma, faça escolhas saudáveis e não esqueça da dica de sempre, consuma com moderação, ok?

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas