5 coisas que você não deve dizer para quem tem Alzheimer

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

O que não dizer para portadores de Alzheimer?

5 coisas que você não deve dizer para quem tem Alz

Quando alguém está doente a melhor coisa a fazer é estimular o bem-estar e mantê-lo sempre ativo. No caso do Alzheimer, nada de corrigi-lo. A dica é conversar naturalmente e tentar lembrar junto das ações realizadas.

Isso porque uma das características básicas do Alzheimer é a perda da memória recente. O paciente pode até lembrar com precisão acontecimentos de anos atrás, mas se esquecer de que acabou de comer, por exemplo.

Com a evolução do quadro, o Alzheimer causa um grande impacto no cotidiano da pessoa e afeta a capacidade de aprendizado, atenção, orientação, compreensão e linguagem. A pessoa fica cada vez mais dependente da ajuda dos outros, até mesmo para rotinas básicas, como a higiene pessoal e a alimentação.

Veja o que não é bom dizer:

1. Que está errado sobre alguma coisa

Não há nenhuma boa razão para contradizer ou corrigi-lo se ele diz alguma coisa errada. Tenha paciência porque logo vai perceber que cometeu um erro e se sentir mal por isso. Mesmo se eles não entendem o seu erro, corrigi-los pode constranger ou ser de outra forma desagradável para eles.

2. Discutir sempre

Não é uma boa ideia discutir. Primeiro porque você não pode ganhar. Segundo porque ele vai perturbá-lo ou até te irritar. Nesse caso, a melhor maneira de lidar é mudar de assunto - de preferência a algo agradável, que vai prender imediatamente a atenção. Dessa forma, eles provavelmente vão se esquecer de tudo sobre a discordância.

3. Se eles lembram de algo

Quando se fala com uma pessoa que tem a doença de Alzheimer é tão tentador perguntar se eles se lembram de alguma pessoa ou evento. "O que você tem para o almoço?" ou "O que você fez hoje de manhã?" "Este é o fulano, lembra dele?". É claro que o paciente não se lembra. Caso contrário, eles não teriam um diagnóstico. O melhor a fazer é dizer: "nossa, lembro que nós comemos doces a última vez que estive aqui. Foi delicioso."

4. Tocar em assuntos que possam perturbá-los

Evite comentar sobre assuntos que possam deixar o paciente transtornado. Você não vai prevalecer e discussões só vão causar raivas e frustrações.

Natália Farah


  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: saúde doenças alzheimer perda de memória

Últimas