A balança, essa vilã!

A balança essa vilã

Uma balança mostra o nosso peso, certo? Sem dúvida, mas é interessante entendermos que quando subimos na balança, sobem ao mesmo tempo, nossos músculos, vísceras, líquidos, ossos e a gordura

Com isso quero mostrar que se ganhamos meio quilo de peso, não necessariamente estamos aumentando nossa gordura, ou seja, não estamos engordando.

Você está duvidando, né? Para você aumentar o peso na balança significa estar engordando, então vá até a cozinha e leve uma balança com você. Agora se pese, vamos imaginar que deu 70 quilos, agora tome dois copos de água de 250 ml. Agora se pese novamente, pronto! Você acabou de engordar meio quilo. Calma! Calma! Você apenas aumentou a quantidade de líquido do seu corpo e isso contribuiu para o aumento do seu peso na balança, só isso.

Vou tentar explicar melhor, vamos colocar todas as "coisas" que formam o corpo humano em dois grupos de que chamaremos de: (1) grupo massa magra e (2) grupo massa gorda. No grupo da massa gorda nós vamos colocar toda a sua gordura corporal, e no grupo da massa magra todos os outros componentes (músculos, vísceras, ossos e líquidos).

Então agora, quando subirmos na balança, entenderemos que irão subir a massa gorda e a massa magra. Assim, voltando ao nosso exemplo do copo de água, o nosso peso aumentou devido ao aumento da massa magra, ou seja, você não engordou.

Vamos voltar a cozinha, leve a sua balança de novo. Agora vamos comer um bolo de chocolate, com cobertura e tudo.

Faremos o mesmo procedimento, se pese (deve ter dado os 70 quilos mais 500 gramas da água) e agora coma 250 gramas de um fabuloso bolo de chocolate. Suba na balança de novo... Agora você aumentou apenas 250 gramas, certo? Você deve estar pensando que agora engordou.

Não, você ainda não engordou. Não pense como um certo paciente que entendeu que se você levar a balança na cozinha e se pesar antes e depois de comer ele não engorda. Acontece que começa o processo de digestão e de absorção dos alimentos deglutidos. A água assim que absorvida fará parte de diferentes partes de nosso organismo como água. Mas o bolo passará por um processo mais refinado de digestão.

Na verdade, aquele bolo de chocolate com cobertura e tudo, é muito bonito (e gostoso) para nossos olhos, mas para o nosso estômago e intestino é apenas mais trabalho, ou seja, mais uma massa para ser transformada em algo útil para o nosso corpo.

Essa transformação irá coletar o açúcar e a gordura e transferi-la para o nosso organismo, assim das 250 g do bolo o seu organismo irá armazenar 70 a 75% da gordura encontrada naquela fatia. Pronto, agora você engordou alguma coisa em torno de 175 gramas.

Vamos fazer outra experiência, pegue um copo de água e coloque um pouco de óleo e misture bem. Não conseguiu misturar? Então desista, pois a água e o óleo não se misturam devido a suas propriedades químicas. Você já deve ter ouvido falar que nós humanos somos constituídos 70% de água. Agora vem a pergunta chave, aquelas 175 gramas de gordura que você digeriu e absorveu aonde vão ser armazenadas? Se a água e o óleo não se misturam, e se a gordura é um tipo de óleo, então as 175 gramas vão ser armazenadas na nossa gordura. Na verdade existe toda uma situação bioquímica por traz desse processo, mas me permito explicar dessa forma.

Veja então que interessante: você bebeu 500 ml de água, o seu peso aumentou 500 gramas e você não engordou. Depois você comeu 250 gramas de bolo de chocolate, aumentou seu peso em mais 250 gramas, mas só engordou 175 gramas.

Um resumo disso seria que você aumentou o peso na balança em 750 gramas e só engordou 175. Mas e agora? Como tirar essas 175 gramas de gordura?

Continua.

Comente

Assuntos relacionados: saúde emagrecer gordura açúcar balança

Últimas