Alimentos que ajudam no controle do mau colesterol

Em doses diárias, eles controlam os níveis de colesterol no sangue

Alimentos que ajudam no controle do mau colesterol

Se você pertence ao grupo de brasileiros que contribuem para o alto índice de colesterol, cerca de 40%, está na hora de rever os hábitos diários. E caso a resposta para as seguintes perguntas seja negativa, sua saúde corre sério risco.

Portanto, seja sincero: você consome mais frutas, verduras e legumes do que gorduras? Pratica exercícios físicos regulares ou pelo menos duas vezes por semana? Para ter uma ideia, juntas, essas duas combinações afastam qualquer risco de infarto e derrame cerebral, além de doenças como o Mal de Alzheimer.

Nós selecionamos uma lista de alimentos que ajudam, e muito, no controle do colesterol alto. Assim, certamente você passará a integrar outra estatística, a dos brasileiros que vivem mais!

Peixes

Quem não gosta de peixe, é bom começar a repensar o conceito. Isso porque eles são excelente fonte de ácido graxo ômega 3, um tipo de gordura boa, a insaturada, encontrada nos peixes de água fria, como salmão, atum e truta. Segundo pesquisadores, ela ajuda na redução dos níveis de triglicerídeos e colesterol total do sangue, reduz o risco de formação de coágulos, além de tornar o sangue mais fluido, portanto, importante aliada na prevenção das doenças cardiovasculares.

Aveia

Além das fibras insolúveis, a aveia contém uma fibra solúvel chamada betaglucana, que exerce efeitos benéficos ao nosso organismo. Ela retarda o esvaziamento gástrico, promovendo maior saciedade, melhora a circulação, controla a glicemia (açúcar no sangue) e inibe a absorção de gordura (colesterol). E diminui as concentrações de colesterol total, lipídios totais e triglicerídios de forma significativa e aumenta a fração do bom colesterol (HDL).

Chocolate amargo

Praticamente o rei das sobremesas, o chocolate faz bem para organismo se consumido com moderação. No entanto, o grande aliado do colesterol é o amargo, porque é rico em flavonóides (substâncias que diminuem o LDL). Diariamente, inclua 30g do doce como sobremesa. Só não vale compensar: a porção de hoje não fica acumulada para amanhã, ou seu organismo não dá conta de aproveitar os benefícios.

Azeite

Que tal cozinhar os alimentos com azeite, em vez óleo? O tempero é fonte de ácido oléico, que regula as taxas de colesterol e protege contra doenças cardíacas. Faz bem ao aparelho cardiocirculatório e para controlar o diabetes do Tipo 2, reduzindo a taxa glicêmica. É também uma grande fonte de antioxidantes, como a vitamina E.

Laranja

A laranja não é boa só para gripes e resfriados. Um estudo realizado pela Universidade de Viçosa, em Minas Gerais, e publicado na revista American Heart Association, concluiu que os flavonóides, substâncias antioxidantes presentes na fruta, diminuem os níveis de LDL (colesterol ruim) no organismo, pois limitam a absorção do colesterol no intestino.

Vinho

Se para alguns ele é vilão, a ciência mostra o contrário. A ingestão moderada da bebida (uma a duas doses por dia) promove elevação de aproximadamente 12% nos níveis de HDL, colesterol bom, semelhante à encontrada com a prática de exercícios. A maioria dos efeitos protetores do vinho tinto são atribuídos aos flavanóides, que possuem propriedades antioxidantes, vasodilatadoras e anti-coagulante plaquetária.

Linhaça

A semente é um dos alimentos mais ricos em ômega 3, por isso, é responsável por prevenir doenças cardiovasculares, e evitar coágulos ao diminuir as taxas de colesterol total e de LDL colesterol (ruim) e aumentar as de HDL colesterol (bom). Os benefícios da linhaça se potencializam quando a semente é moída ou triturada, já que sua casca é resistente à ação do suco gástrico e passa sem sofrer digestão no trato gastrointestinal.

Soja

Além de ajudar a controlar problemas hormonais para as mulheres que estão na menopausa, a soja é uma excelente opção para quem quer proteger o coração. Ela ajuda a diminuir o colesterol ruim (LDL), aumenta o colesterol bom (HDL) e fortalece o organismo de infecções.


Por Natália Farah

Comente

Últimas