Aplicativos ajudam no controle da pressão

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Os aplicativos podem lembrar o horário do remédio e marcar a pressão

Aplicativos ajudam no controle da pressão

A Apple disponibiliza aos usuários aplicativos gratuitos e pagos que ajudam a controlar a pressão arterial. A função dos programas, que podem ser baixados em celulares e tablets, é incluir o horário da medição, pulso, pressão sistólica e diastólica, que medem respectivamente as pressões máxima e mínima do hipertenso.

O aplicativo ‘Hora do Remédio’, por exemplo, emite um alarme na hora em que for preciso tomar algum remédio. Basta colocar o nome da medicação, selecionar o intervalo de horas e o horário inicial e o aplicativo vai gerar a lista dos horários.

O sistema ainda avisa desde quando o tratamento está ativo, quantos dias faltam para o final, além de calcular quantas caixas completas e doses individuais serão necessárias. Quando a caixa estiver quase terminando, ele alertará que outra será necessária.

Outra versão disponível para iOS é o ‘Smart Pressão Arterial’, ou SmartBP, que grava, compartilha e mantém o controle de pressão sanguínea. A ferramenta permite gravar a pressão arterial sistólica e diastólica, pulso e peso, índice de massa corporal (IMC), informações que podem ser úteis para o seu médico em um eventual diagnóstico.

Uma das vantagens do programa consiste em adicionar observações e detalhes sobre as medições usando rótulos (tags). Ou seja, dá para saber se a aferição será feita antes ou depois do jantar, qual braço será feita a aferição e se a pessoa estará em pé ou sentada. É possível ainda criar e personalizar os próprios rótulos.

Por exemplo, quando você seleciona "período = 3 meses; rótulo = dieta com pouco sal", todos os dados de pressão sanguínea nos últimos três meses que foram marcados como "dieta com pouco sal" aparecerão em seus gráficos e estatísticas. Isso pode ser útil para analisar a evolução e os efeitos de modificações em estilo de vida ou medicamentos.

App para crianças

As crianças também vão se beneficiar dos aplicativos para hipertensão. O ‘PA Kids’ se propõe a auxiliar pediatras e médicos no diagnóstico de hipertensão infantil. Com interface de fácil uso, basta você informar o sexo, idade, altura e pressão arterial da criança ou adolescente, que o PA Kids classificará em que estágio da hipertensão infantil o paciente se encontra.

A possibilidade de compartilhar e acompanhar essas informações geradas aumenta a chance de engajar toda família no tratamento da hipertensão infantil, além de dar mais controle ao médico responsável pelo caso.

Vale lembrar que nenhum desses apps substitui a visita ao médico para a avaliação da pressão e controle da doença, considerada grave. As principais complicações da hipertensão são acidente vascular cerebral por infarto agudo do miocárdio ou doença renal crônica.

Além disso, a hipertensão pode levar a uma atrofia do músculo do coração, causando arritmia cardíaca. É importante ressaltar que qualquer combinação de fatores de risco é sempre muito mais grave. Em média, uma pessoa com hipertensão que não controla o problema terá uma doença mais grave daqui a 15 anos.

Prevenção

• Evite ficar parado: caminhe mais, suba escadas em vez de usar o elevador;

• Diminua ou abandone o consumo de bebidas alcoólicas;

• Tente levar os problemas do dia a dia de maneira mais tranqüila;

• Mantenha o peso saudável: procure um profissional de saúde e peça orientação quanto à sua alimentação;

• Tenha uma alimentação saudável;

• Diminua o sal da comida.


Por Natália Farah

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas